Márquez: “Se a corrida fosse amanhã, Lorenzo seria favorito”

Espanhol se diz satisfeito com seu próprio dia, mas vê compatriota da Ducati com força “por não ter nada a perder”

Líder da temporada de 2017 da MotoGP, Marc Márquez se alternou com seu rival na luta pelo título, Andrea Dovizioso, no topo da tabela de tempos nos primeiros treinos do GP do Japão. No entanto, ele considera que a prova em Motegi conta com um outro favorito: Jorge Lorenzo.

Márquez foi o mais veloz na primeira sessão do dia, mas, nas atividades complementares, foi superado por Dovizioso. Para ele, o rendimento dos rivais mostra a força da Ducati para o fim de semana.

“Se a corrida fosse amanhã, o favorito seria Lorenzo. Seu ritmo é o melhor e ele não tem nada a perder”, disse o espanhol de acordo com o site oficial da MotoGP.

O piloto da Honda chegou a cair sob chuva, mas, ainda assim, considera seu dia positivo. “Estou feliz com o que aconteceu, tirando o acidente. É sempre bom ter um início positivo. Quanto ao acidente, eu estava indo bem e encontrando a melhor trajetória, mas, quando colocamos pneus novos na última saída, perdi um pouco a sensibilidade”, descreveu. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP do Japão
Pista Twin Ring Motegi
Tipo de artigo Últimas notícias