Márquez sobra e vence fácil GP das Américas; Yamaha tem dia ruim

Depois de liderar todas as sessões do final de semana, Márquez vence com tranquilidade segunda corrida da temporada

Marc Márquez só viu um adversário à sua frente hoje em Austin: Jorge Lorenzo. E mesmo assim, quando não deveria, já que o #99 queimou de forma estranhíssima a largada e precisou pagar um Ride-Through logo na primeira volta. Foi a segunda vitória seguida do espanhol de 21 anos, que agora tem 50 pontos em 50 possíveis na temporada 2014.

Márquez por muito pouco não errou na ultima curva da prova, quando freou demais e por muito pouco não perdeu a traseira. Fora isso teve prova muito tranquila. Dani Pedrosa chegou em segundo, a 4.2s do companheiro, sem apresentar oposição ao parceiro durante a prova.

O pódio foi completado por Andrea Dovizioso, que superou Stefan Bradl a seis voltas do fim e colocou a Ducati no Top 3 pela primeira vez desde o GP de San Marino de 2012, com Valentino Rossi, que teve prova para esquecer, chegando em oitavo.

Queimando a largada, Lorenzo liderou o primeiro giro, mas teve de pagar um Ride-Through no fim da volta. Com isso, Márquez foi para primeiro, com Pedrosa em segundo e Iannone em terceiro. Rossi caiu para nono na largada, mas em três voltas já era o quarto colocado. No entanto, quando deu a impressão que passaria facilmente Iannone, o piloto começou a cair na classificação.

Valentino tentou passar Iannone na curva 19, mas errou. Ainda em quarto, Rossi começou a perder rendimento. Bradl o passou, depois Dovizioso e as duas motos da Tech 3. Quem também teve problemas foi Cal Crutchlow, que teve de ir aos boxes trocar de pneu traseiro devido a um desgaste excessivo e depois sofreu forte acidente na curva 2. O britânico, com a mão machucada, precisou ser levado de maca.

Outro que caiu no início foi Álvaro Bautista da Gresini. Lorenzo foi se recuperando aos poucos, conseguindo o décimo lugar na volta 15. Iannone perdeu o terceiro lugar a seis voltas do fim para Bradl e o quarto para Dovizioso. O italiano foi venenoso no ataque a Bradl logo em seguida, indo para cima do alemão e passando.

Enquanto isso, Márquez continuava a abrir na ponta, com 5.2s de vantagem para Daniel Pedrosa, que levava 20s para a briga do terceiro lugar. Com a vitória, o espanhol é o quinto piloto que mais conquistou vitórias na era quatro tempos da MotoGP.

A próxima etapa acontece em 27 de abril, na volta do mundial à América do Sul, em Termas de Rio Hondo, na Argentina.

Confira o resultado após 21 voltas:
1. Marc Marquez ESP (Repsol Honda Team / RC213V) 43m 33.430s
2. Dani Pedrosa ESP (Repsol Honda Team / RC213V) +4.124s
3. Andrea Dovizioso ITA (Ducati Team / Desmosedici) +20.976s
4. Stefan Bradl ALE (LCR Honda MotoGP / RC213V) +22.790s
5. Bradley Smith GBR (Monster Yamaha Tech 3 / YZR-M1) +26.963s
6. Pol Espargaro ESP (Monster Yamaha Tech 3 / YZR-M1) +26.567s
7. Andrea Iannone ITA (Pramac Racing / Desmosedici) +28.257s
8. Valentino Rossi ITA (Movistar Yamaha MotoGP / YZR-M1) +45.519s
9. Aleix Espargaro ESP (NGM Forward Racing / Forward Yamaha) +47.605s
10. Jorge Lorenzo ESP (Movistar Yamaha MotoGP / YZR-M1) +49.111s
11. Nicky Hayden EUA (Drive M7 Aspar / RCV1000R) +1:00.735s
12. Hiroshi Aoyama JAP (Drive M7 Aspar / RCV1000R)  +1:03.954s
13. Yonny Hernandez COL (Pramac Racing / Desmosedici)  +1:07.333s
14. Karel Abraham TCH (Cardion AB Motoracing / RCV1000R)  +1:27.972s
15. Hector Barbera ESP (Avintia Racing / Avintia)  +1:32.376s
16. Michael Laverty GBR (Paul Bird Motorsport / PBM-ART)  +1:32.543s
17. Danilo Petrucci ITA (IodaRacing Project / ART)  +1:39.176s
18. Mike Di Meglio FRA (Avintia Racing / Avintia) +1:51.962s

Abandonaram
Scott Redding GBR (Go&Fun Honda Gresini / RCV1000R) 19 voltas completadas
Colin Edwards EUA (NGM Forward Racing / Forward Yamaha) 17 voltas completadas
Cal Crutchlow GBR (Ducati Team / Desmosedici) 12 voltas completadas
Alvaro Bautista ESP (Go&Fun Honda Gresini / RC213V) 9 voltas completadas
Broc Parkes AUS (Paul Bird Motorsport / PBM-ART) 8 voltas completadas

Campeonato após duas etapas:
1. Marc Marquez - 50 pontos
2. Dani Pedrosa - 36
3. Valentino Rossi - 28
4. Andrea Dovizioso - 27
5. Aleix Espargaro - 20
6. Andrea Iannone - 15
7. Stefan Bradl - 15
8. Nicky Hayden - 13
9. Bradley Smith - 11
10. Pol Espargaro - 10


Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Tipo de artigo Últimas notícias