Médico da MotoGP se diz "perplexo" com recuperação de Rossi

Angel Charte ficou impressionado com velocidade em que italiano readquiriu forma, após fratura na perna durante treino de motocross

Valentino Rossi foi autorizado a pilotar no GP de Aragón neste fim de semana, apenas 21 dias depois de ter fraturado a tíbia e a fíbula em um acidente de motocross.

Médicos originalmente esperavam que o piloto de 38 anos de idade estaria fora de ação entre 30 e 40 dias.

O italiano voltou à pista na semana passada quando testou uma moto de estrada no circuito de Misano antes de tentar correr neste fim de semana.

Charte admitiu que a recuperação de Rossi foi excepcional.

"É óbvio que Rossi se sente em posição de correr, assim como é óbvio que precisamos verificar que ele tem que passar por todos os testes, como qualquer outro piloto", disse Charte.

"A fratura de Rossi aconteceu durante o treinamento e devo dizer que seu médico fez um trabalho excepcional: 24 horas depois, o piloto já estava em reabilitação."

"Acompanhamos sua recuperação quase que diariamente, mas é óbvio que 'Il Dottore' é 'Il Dottore' e eu tenho que admitir que fiquei perplexo com o quão bem ele se recuperou desse tipo de lesão."

Rossi ainda anda com muletas, não estará 100% neste fim de semana, mas insiste que o piloto da Yamaha passou pelos testes necessários sem problemas e está ciente dos riscos de ter um acidente neste fim de semana.

"Vamos monitorar sua evolução de perto. Ele passou pelos testes padrões e passou perfeitamente", acrescentou Charte.

"Ele não está 100%, isso é óbvio, mas ele não tem dor, o que é muito importante. Mas provavelmente teremos que aplicar um tratamento anti-inflamatório durante estes dias."

"Falei com Valentino antes dos testes e ele é um homem com uma mente muito clara e consciente dos riscos. Ele sabe que um acidente não seria bom, mas quero deixar claro que ele foi autorizado a correr porque ele está pronto para correr. Ele passou todas as provas que todos os pilotos devem passar."

"Mas ficamos entusiasmados e impressionados com a sua evolução até agora."

O piloto da Yamaha World Superbike, Michael van der Mark, foi nomeado como o substituto de Rossi se o italiano não correr neste fim de semana, e estará em standby em Aragón.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP de Aragón
Pista Motorland Aragon
Pilotos Valentino Rossi
Equipes Yamaha Factory Racing
Tipo de artigo Últimas notícias