Mesmo com 2015 de teste, Aprilia adia estreia de nova moto

Fábrica italiana reforça que só colocará nova RS-GP na pista em última sessão de testes, no circuito do Catar

A moto de 2016 da Aprilia não estará presente nas primeiras duas sessões de testes da MotoGP. O novo equipamento da equipe será apenas colocado na pista junto aos das outras equipes entre os dias 2 e 4 de março, no Catar – terceira e última sessão de testes de pré-temporada.

A fábrica de Noale, junto à equipe Gresini, voltou à MotoGP em 2015 com um equipamento baseado na antiga ART, moto feita para as subcategorias Open/CRT. O time planejava fazer um ano de teste, focando em 2016. No entanto, mesmo com o planejamento prévio, o time não conseguiu ainda terminar seu novo equipamento.

No primeiro teste, marcado entre segunda-feira e quarta-feira da semana que vem na Malásia, Álvaro Bautista e Stefan Bradl estarão com a versão “laboratório” da RS-GP do ano passado.

A moto de 2016 fará seu shakedown em um teste privado em Aragón, nos dias 10 e 11 de fevereiro. O francês Mike di Meglio se encarregará do trabalho. Por conta deste teste, a equipe não irá aos treinos da Austrália, entre os dias 17 e 19 de fevereiro.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Alvaro Bautista , Stefan Bradl
Equipes Aprilia Racing Team
Tipo de artigo Últimas notícias