Mesmo com má largada, Márquez é absoluto e vence fácil na Argentina

Lorenzo se aproveita de pneus mais macios e lidera grande parte, mas não é páreo para a terceira vitória seguida de Marc

Mesmo passando por alguns problemas na largada e tendo que lidar com disputas de meio de pelotão, Marc Márquez venceu facilmente o GP da Argentina em Termas de Río Hondo. O piloto chegou a ser o quinto, mas foi rapidamente recuperando posições na pista, para na volta cinco assumir o segundo lugar e ir atrás de Jorge Lorenzo.

O espanhol da Yamaha bem que tentou resistir à pressão de Márquez, mas não teve gás suficiente para segurar o ímpeto do #93, que a nove voltas do fim o passou no fim da reta para a curva 5 e não foi mais incomodado.

Jorge ainda perderia na última volta a posição para Dani Pedrosa, que chegou pela terceira vez seguida ao pódio neste ano. Lorenzo foi para o primeiro Top 3, chegando em terceiro. Valentino Rossi teve ritmo forte durante a corrida, mas uma série de erros e uma ultrapassagem arriscada feita por Bradl, o jogaram para sétimo na classificação após ter estado em segundo nas primeiras voltas. O italiano se recuperou e foi o quarto.

Bradl conseguiu o quinto lugar, com Iannone, em sua melhor corrida até hoje na MotoGP, em sexto. Smith foi o sétimo, com o companheiro Espargaró em oitavo, Dovizioso em nono e Aoyama, roubando o lugar de Hayden na última curva, em 10º.

Na largada, Jorge Lorenzo tomou a ponta com Andrea Iannone pulando para segundo. No entanto, o italiano errou no fim da reta e caiu várias posições, deixando o segundo para Pedrosa e Rossi em terceiro. O italiano tentou atacar Lorenzo e Pedrosa na última curva, mas espalhou e jogou Dani para fora. Com isso Iannone e Dovizioso voltaram ao Top 3 atrás de Lorenzo. Márquez era o quinto.

As três baixas nas duas primeiras voltas foram Álvaro Bautista e Danilo Petrucci na curva 5 e Aleix Espargaró, na metade na segunda volta. O espanhol da Forward ainda voltou para a pista, mas em último lugar. Rossi reassumiu a primeira posição na volta seguinte, mas errou e perdeu posições para Iannone, Bradl, Márquez, Pedrosa e Dovizioso.

Na volta cinco, o Top 5 era Lorenzo, Márquez, Iannone, Bradl e Padrosa, com Rossi em sexto, depois de passar Dovizioso.

Cinco voltas depois, Pedrosa já havia passado Bradl e Iannone e Márquez já havia encostado no líder Lorenzo, que usava o pneu traseiro médio ao invés do duro usado pelo #93. Na volta 15, Lorenzo levava 0.1s para Márquez, com Pedrosa em terceiro, Rossi em quarto e Bradl em quinto.

Foi na volta 16 que Márquez resolveu acelerar e passou Lorenzo na curva 5, assumindo o primeiro posto. De forma incrível, o piloto marcou a volta mais rápida da corrida no mesmo giro. Em uma volta e meia, o piloto da Honda já tinha 1.411s para a Yamaha de Jorge. Márquez administrou a diferença para Jorge, que foi atacado e ultrapassado por Pedrosa na última volta.

Com isso, Márquez dispara na liderança do mundial com 75 pontos.

A próxima corrida acontece na semana que vem, em Jerez de la Frontera na Espanha.

Confira o resultado:

1. Marc Marquez ESP Repsol Honda Team (RC213V) 41m 39.821s
2. Dani Pedrosa ESP Repsol Honda Team (RC213V) 41m 41.658s
3. Jorge Lorenzo ESP Movistar Yamaha MotoGP (YZR-M1) 41m 43.022s
4. Valentino Rossi ITA Movistar Yamaha MotoGP (YZR-M1) 41m 44.719s
5. Stefan Bradl GER LCR Honda MotoGP (RC213V) 41m 54.850s
6. Andrea Iannone ITA Pramac Racing (Desmosedici) 41m 59.268s
7. Bradley Smith GBR Monster Yamaha Tech 3 (YZR-M1) 42m 4.013s
8. Pol Espargaro ESP Monster Yamaha Tech 3 (YZR-M1)* 42m 8.939s
9. Andrea Dovizioso ITA Ducati Team (Desmosedici) 42m 13.494s
10. Hiroshi Aoyama JPN Drive M7 Aspar (RCV1000R) 42m 23.100s
11. Nicky Hayden USA Drive M7 Aspar (RCV1000R) 42m 23.173s
12. Yonny Hernandez COL Pramac Racing (Desmosedici) 42m 24.640s
13. Karel Abraham CZE Cardion AB Motoracing (RCV1000R) 42m 24.999s
14. Scott Redding GBR Go&Fun Honda Gresini (RCV1000R)* 42m 28.477s
15. Aleix Espargaro ESP NGM Forward Racing (Forward Yamaha) 42m 32.071s
16. Hector Barbera ESP Avintia Racing (Avintia) 42m 33.326s
17. Michele Pirro ITA Ducati Team (Desmosedici) 42m 33.490s
18. Michael Laverty GBR Paul Bird Motorsport (PBM-ART) 42m 36.391s
19. Mike Di Meglio FRA Avintia Racing (Avintia)* 42m 42.961s
20. Colin Edwards USA NGM Forward Racing (Forward Yamaha) 42m 45.581s
21. Broc Parkes AUS Paul Bird Motorsport (PBM-ART)* 42m 56.543s
Alvaro Bautista ESP Go&Fun Honda Gresini (RC213V) Não completou
Danilo Petrucci ITA IodaRacing Project (ART) Não completou
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Tipo de artigo Últimas notícias