Mir: Subir à MotoGP é mais importante que o título da Moto2

compartilhar
comentários
Mir: Subir à MotoGP é mais importante que o título da Moto2
David Gruz
Por: David Gruz
Co-autor: Carlos Guil Iglesias
Traduzido por: Daniel Betting
13 de mar de 2018 18:02

Antes de sua estreia na Moto2, Joan Mir falou com o Motorsport.com durante a apresentação de sua nova equipe, a Estrella Galicia 0,0 Marc VDS

Moto3 Champion Joan Mir, Leopard Racing MotoGP Champion Marc Marquez, Repsol Honda Team, Moto2 Champ
Pole sitter Joan Mir, Leopard Racing
Joan Mir, Leopard Racing
Race winner Joan Mir, Leopard Racing
Joan Mir, Leopard Racing Champion
Race winner Joan Mir, Leopard Racing, second placeLivio Loi, Leopard Racing, third place Jorge Martin, Del Conca Gresini Racing Moto3
Joan Mir, Leopard Racing

Campeão da Moto3 após domínio absoluto da temporada 2017, Joan Mir saltou de categoria e neste ano estreia na Moto2.

Neste novo estágio, o espanhol quer brilhar desde o início, embora não esconda que seu objetivo é chegar à MotoGP. No ano passado, Mir disse que sua prioridade era ser campeão da Moto2, mas já esclareceu que prefere garantir um lugar na MotoGP, mesmo que isso signifique sacrificar o sucesso na categoria intermediária.

"Eu gostaria de priorizar a mudança", disse ao Motorsport.com quando perguntado se ele preferiria ganhar o título da Moto2 ou subir para a MotoGP.

"No final, você não quer ficar na Moto2, quer mudar. Mas estou ciente de que, se não estiver pronto, não o farei”.

"Eu quero continuar minha progressão, que tem sido muito boa. Comecei [na Moto3] e tive resultados modestos na minha estreia, no ano passado fui campeão mundial e agora estou nesta equipe muito boa".

Mir conta que é na MotoGP onde você "aprende tudo", razão pela qual ele preferiria subir rapidamente.

"A Moto2 é muito complicada, há muita igualdade em tudo e talvez você não aprenda tanto com a eletrônica", disse. "Onde você pode aprender tudo é na MotoGP".

Mir disse que, enquanto não haja uma cláusula em seu contrato que o garantiria automaticamente na MotoGP, está confiante de que se estiver preparado, as "equipes vão me querer".

"Eu não tenho [uma cláusula], mas é como, se você fizer isso direito, vai subir", acrescentou. "Eu tenho que me preparar bem para poder subir. Eu tenho que estar preparado primeiro e depois as equipes vão me querer, e não o contrário".

Próxima MotoGP matéria
Márquez e Pedrosa apostam em GP agitado no Catar

Previous article

Márquez e Pedrosa apostam em GP agitado no Catar

Next article

GALERIA: Pramac lança pintura para temporada 2018 da MotoGP

GALERIA: Pramac lança pintura para temporada 2018 da MotoGP

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Joan Mir
Equipes Estrella Galicia 0,0 Marc VDS
Autor David Gruz
Tipo de matéria Últimas notícias