MotoGP considera impor corridas às segundas se necessário

compartilhar
comentários
MotoGP considera impor corridas às segundas se necessário
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
7 de set de 2018 10:59

Carmelo Ezpeleta, chefão da categoria, afirmou que equipes e pilotos devem considerar desde já a possibilidade de adiar as provas por motivos de força maior

Chefe da MotoGP, Carmelo Ezpeleta indicou que está de olho em impor o adiamento de corridas para as segundas-feiras se necessário no futuro após o cancelamento do GP da Grã-Bretanha, há duas semanas.

O adiamento da corrida de Silverstone para a segunda-feira foi uma opção discutida pela Dorna, pelas equipes e o circuito em si, especialmente porque se tratava de um feriado no Reino Unido.

Mas a alternativa foi posteriormente rejeitada pela maioria das equipes, sendo que algumas tiveram de ir imediatamente a Aragón para testes privados, mesmo que a Ducati tenha sido assumidamente a favor de correr na segunda-feira.

Mas Ezpeleta disse que, em casos futuros em que for impossível realizar uma corrida no domingo, a MotoGP dirá aos pilotos e aos organizadores que deverão se preparar para correr na segunda ou até mesmo na terça-feira.

“É uma pena, mas é uma experiência da qual temos que aprender”, disse Ezpeleta, em entrevista à TV espanhola Movistar. “Precisamos pensar no que podemos fazer para que isso não aconteça de novo.”

“E importante que todos saibam que, se uma corrida não puder ser realizada no domingo, correremos na segunda ou terça. Estamos aqui para correr.”

“[Na comissão de segurança] eu avisarei aos pilotos que sempre haverá uma corrida segura, sempre quando possível, mas segura. Não gosto de mudar as regras e isso não estava confirmado.”

“De agora em diante, correremos na segunda-feira se for possível correr na segunda-feira. Pedirei para que eles fiquem preparados para correr no dia seguinte. Também devemos dizer isso aos organizadores.”

Start: Casey Stoner, Ducati Marlboro Team, leads the field

Start: Casey Stoner, Ducati Marlboro Team, leads the field

Photo by: Ducati Corse

O GP do Catar de 2009 (foto acima) foi adiado para a segunda-feira devido à chuva, sendo que a corrida de Silverstone foi a primeira prova cancelada da MotoGP devido ao mau tempo desde o GP da Áustria de 1980.

Jack Miller, da Pramac Ducati, disse que ficou surpreso, levando em conta a logística mais complexa da prova de Losail, com o fato de que as equipes não seguiram caminho semelhante.

“A corrida, claro, é a razão de todos estarmos aqui, e, em termos de logística, eles mudaram todo o cronograma e voos para todas as equipes no Catar”, comentou.

“Voar da Inglaterra, com quase todos com base na Europa, é muito mais barato do que comprar voos do Catar.”

“Acredito que [a decisão] deve caber aos pilotos. Acredito que ainda deveríamos ter continuado com o GP. Temos um calendário de 19 corridas e não faremos todas elas.”

Reportagem adicional de Matteo Nugnes

Próxima MotoGP matéria
Lorenzo: Atitude de Rossi com Márquez foi de uma "criancinha"

Previous article

Lorenzo: Atitude de Rossi com Márquez foi de uma "criancinha"

Next article

Yamaha confirma Folger como piloto de testes em 2019

Yamaha confirma Folger como piloto de testes em 2019
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Autor Jamie Klein
Tipo de matéria Últimas notícias