"Não esperava chegar em Lorenzo", admite Marquez

Piloto da Honda afirma que teve dificuldade com pneus durante prova em Phillip Island e se diz surpreso por ter conseguido se aproximar de Jorge Lorenzo no final da corrida

Vencedor do emocionante GP da Austrália, realizado neste domingo (18), Marc Marquez saiu de terceiro para primeiro na última volta da prova, descontando oito décimos de segundo em relação a Jorge Lorenzo e superando o piloto da Yamaha na curva 10 para chegar à 50ª vitória no Mundial de Motovelocidade.

Marquez chegou a liderar a corrida antes, mas caiu para quarto a duas voltas do final, quando teve problemas de aderência no pneu dianteiro. "Durante a prova, a temperatura do pneu dianteiro aumentou demais quando forcei mais o ritmo e acabei perdendo rendimento", disse.

"Quando Jorge abriu vantagem no início, tentei acelerar mais para superar ele e abrir vantagem, mas sobreaqueci o pneu dianteiro e perdi aderência. Então percebi 'ok, preciso resfriar o pneu, senão vou perder a corrida' - fiz isso, mas exagerei. Na última volta eu dei o máximo de mim, mas não esperava chegar em Lorenzo", disse.

Com a vitória em Phillip Island, a primeira no circuito australiano, Motegi é a única pista do calendário atual da MotoGP em que Marquez não venceu.

"Phillip Island é uma de minhas pistas favoritas e nos anos anteriores eu sempre estive rápido, mas acabava não tendo sorte no domingo. Quando sobreaqueci o pneu, pensei: 'não, vou perder a corrida novamente'. Segui acreditando, superei Valentino e Andrea após uma batalha intensa e consegui minha primeira vitória aqui pela MotoGP", completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP da Austrália
Pista Phillip Island Grand Prix Circuit
Pilotos Jorge Lorenzo , Marc Marquez
Equipes Repsol Honda Team
Tipo de artigo Últimas notícias