Para Márquez, Honda vai ter que “trabalhar duro” em Le Mans

Citando problemas dos últimos anos, piloto espanhol prevê final de semana difícil na França, mas ressalta: “cada temporada é diferente”

Depois de assumir a liderança do mundial de 2018 na última etapa, o GP da Espanha, Marc Márquez acha que vai ter um trabalho mais complicado neste final de semana, quando o mundial retornará ao circuito Bugatti, em Le Mans, na França.

Márquez, que caiu nas corridas de 2016 e 2017 no traçado francês, não vai ao pódio no GP desde 2014.

No entanto, apesar de reconhecer a dificuldade do desafio que enfrentará neste final de semana, ele espera se utilizar das duas últimas corridas para iniciar com a moral alta o final de semana.

"Le Mans é uma pista onde vamos ter que trabalhar duro e fazer o melhor para tentar manter uma boa dinâmica", disse Márquez.

"No passado, conseguimos vencer ou subir ao pódio lá em algumas ocasiões, e outras vezes tivemos dificuldades para ficar na frente, mas, como eu sempre digo, cada temporada é diferente.”

"É claro que haverá pontos de interrogação sobre o clima, os pneus e a configuração, mas nossa mentalidade e abordagem serão as mesmas de sempre: positivas.”

"Neste ano já estamos em um bom nível enquanto estamos indo para a França, então vamos ver como vai ser o fim de semana.”

“Vamos tentar começar bem na sexta-feira e depois lutar pelo pódio no domingo."

Márquez lidera o campeonato com 12 pontos à frente do francês Johann Zarco.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Marc Marquez
Tipo de artigo Últimas notícias