Para Rossi, velocidade em reta da Ducati é "um problema"

Piloto da Yamaha sugere que alta velocidade da equipe italiana nas retas poderia ser um problema na prova do Catar

Os pilotos da Ducati, Andrea Iannone e Andrea Dovizioso, mesmo não conseguindo os melhores tempos, tiveram os maiores picos de velocidade no primeiro treino livre no circuito de Losail, nesta quinta-feira. Eles foram os únicos que quebraram a barreira dos 340 km/h, como Iannone chegando a 346 km/h.

Valentino Rossi, que terminou em segundo lugar, atrás somente de seu companheiro de equipe, Jorge Lorenzo, teve velocidade máxima de 338 km/h, sendo o melhor entre as Yamahas nesse quesito.

"Parece que a Ducati é um problema para todos", disse o preocupado Rossi. "Porque o GP16 tem 8 km/h mais nas retas do que a Yamaha YZR-M1."

"É um problema porque, se eles ficam para trás, eles podem ultrapassar nas retas."

O circuito de Losail tem a reta principal com mais de um quilômetro de comprimento, com a linha de chegada localizada bastante distante da última curva.

A preocupação ecoou também em Jorge Lorenzo.

"Será muito difícil manter a posição na reta. Esperamos estar alguns metros à frente o suficiente."

No entanto, Rossi continua confiante sobre as vantagens que a moto da Yamaha tem sobre a Ducati em outras áreas.

"A nossa moto é ainda melhor nas curvas, melhor com esses novos pneus. Mas ninguém sabe nada até domingo à noite", afirmou o italiano.

Relatos adicionais por Oriol Puigdemont

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP do Catar
Pista Losail International Circuit
Pilotos Valentino Rossi , Andrea Dovizioso , Jorge Lorenzo , Andrea Iannone
Equipes Yamaha Factory Racing , Ducati Team
Tipo de artigo Últimas notícias