Para Rossi, Viñales precisa diminuir expectativas

compartilhar
comentários
Para Rossi, Viñales precisa diminuir expectativas
Valentin Khorounzhiy
Por: Valentin Khorounzhiy , News Editor
5 de mar de 2018 17:41

Após pré-temporada difícil para a Yamaha, italiano crê que espanhol precise reconhecer que ano não será fácil

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Depois de reconhecer a dificuldade de ficar otimista para a temporada deste ano, Maverick Viñales foi aconselhado pelo companheiro de equipe na Yamaha, Valentino Rossi, a diminuir suas expectativas.

Perguntado sobre o fato de Viñales estar aparentando abatimento sobre sua situação atual na MotoGP, Rossi disse: "sim, Maverick parece muito desanimado, mas no final ele é o quarto ou o quinto”.

"Ele quer ficar na primeira posição com em segundo, se não for assim ele ainda não está feliz", acrescentou brincando.

"Então, é uma abordagem diferente. Eu acho que ele é jovem e quer tentar sempre ficar na frente. Mas a MotoGP moderna mudou muito, porque o limite com o pneu aproximou todos, então você também vai sofrer."

Três motos da Yamaha encerraram o teste do Catar entre os cinco primeiros, com Rossi terminando como segundo atrás do piloto da Tech 3 Yamaha, Johann Zarco.

"O que descobrimos durante esses testes de inverno é que, como no ano passado, a situação muda muito de uma pista para outra", disse Rossi.

"Nós sofremos muito na Tailândia, mas somos competitivos aqui, então isso será complicado para todos, espero. Será muito importante tentar não sofrer muito nas pistas difíceis. Estamos todos muito próximos e o limite, a linha entre ser forte e não, não está suficientemente clara."

Rossi admitiu, no entanto, que ainda está preocupado com o desempenho de sua moto em ritmo de corrida.

"Nós tentamos muitas coisas diferentes para melhorar e nós melhoramos o pneu da frente - mas, da mesma forma, acho que não sabemos o que acontecerá durante a corrida", disse Rossi.

"Até metade da corrida eu sou forte, mas depois de ter mais de dez voltas temos que entender. Normalmente, no ano passado, sofríamos aí, e para mim este é o lugar onde estamos com mais problemas."

O italiano disse que seu acidente no último dia de testes foi uma consequência da tentativa de uma opção de pneu dianteiro diferente para uma simulação de corrida.

"Foi porque eu tentei o pneu dianteiro duro, porque o outro dianteiro que eu gosto é difícil chegar ao final da corrida.”

"Eu sinto que para a direita eu não tenho uma sensação muito boa, e tive um pequeno acidente".

Reportagem adicional por Oriol Puigdemont

Próxima MotoGP matéria

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Valentino Rossi, Maverick Viñales
Equipes Movistar Yamaha MotoGP
Autor Valentin Khorounzhiy
Tipo de matéria Últimas notícias