Pedido de Lorenzo para entrar no caso de Rossi é rejeitado

Jorge Lorenzo tentou participar do julgamento de caso aberto por Valentino Rossi no Tribunal Arbitrário do Esporte, mas entidade negou requerimento do espanhol

Jorge Lorenzo entrou com um requerimento para participar do julgamento do recurso impetrado por Valentino Rossi no Tribunal Arbitrário do Esporte, mas teve o pedido negado pela entidade e terá que aguardar, resignado, a decisão do tribunal.

Após ser punido pelo incidente com Marc Marquez e colocado no final do grid para o final de semana do GP de Valência, etapa decisiva da temporada 2015 da Moto GP, Rossi entrou com um recurso no TAS pedindo que a punição recebida seja suspensa até que a decisão final seja anunciada. 

Como parte interessada no caso, Lorenzo tinha direito de requerer a participação na apelação do italiano e o fez na última segunda-feira. O pedido, entretanto, foi recusado pela entidade, que divulgou um comunicado anunciando a decisão.

"No dia 2 novembro de 2015, advogados representando Jorge Lorenzo entraram com um pedido para participar, em nome dele, da acareação envolvendo Valentino Rossi e a FIM. Nesta tarde, o TAS informou as partes que o requerimento do sr. Lorenzo foi negado. Posto isto, a acareação do TAS segue sendo apenas entre Valentino Rossi e a FIM". 

A decisão sobre a apelação de Rossi deve ser divulgada até o dia 6 de novembro, dia da realização dos primeiros treinos livres para o GP de Valência. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Jorge Lorenzo
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags cas, fim