Pedrosa: "Agora tenho outras prioridades na vida"

compartilhar
comentários
Pedrosa:
Oriol Puigdemont
Por: Oriol Puigdemont
Traduzido por: Daniel Betting
12 de jul de 2018 18:08

Dani Pedrosa anunciou que está se aposentando da MotoGP no final da temporada, diante de uma sala de imprensa lotada em Sachsenring, apoiado por seus pais, seu irmão Eric e o responsável pelo mundial, Carmelo Ezpeleta

Dani Pedrosa, Repsol Honda Team
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Sachsenring - Não cabia um alfinete na sala de imprensa do Circuito de Sachsenring, palco escolhido por Dani Pedrosa para anunciar que esta é a sua última temporada como piloto antes de se aposentar no Grande Prémio de Valência, em novembro.

Após o anúncio, a sala de imprensa explodiu em uma ovação longa e sincera da mídia reunida lá, enquanto os pais do piloto, Antonio Pedrosa e Basi Ramal não conseguiram conter as lágrimas ao ver seu filho se despedir do motociclismo.

"Obrigado por estarem aqui", disse Pedrosa abriu a coletiva. "Primeiro, quero anunciar que no próximo ano não vou competir neste campeonato, assim, minha carreira no Mundial de MotoGP termina aqui. Chegará até Valência", anunciou.

Leia também:

"Eu pensei muito sobre essa decisão. No final, percebi que não vivo mais as corridas com a mesma intensidade de antes. Agora tenho outras prioridades na vida. Estou muito feliz e esse sonho superou minhas expectativas".

"Eu levo o amor de todos os fãs. Estou muito feliz por ter conseguido tudo o que consegui", disse o piloto espanhol.

"Eu gostaria de ficar neste paddock, estou aqui desde os 15 anos e acho que posso ensinar coisas", disse ele.

"Muitos momentos para lembrar. Mas especialmente em Jarama, quando fiz os testes para chegar ao Mundial. Havia muitos pilotos e era impossível imaginar que chegaria aqui".

"Quero aproveitar as corridas que faltam, mas só posso viver a competição de um jeito".

"Eu gostaria de ter um físico mais robusto para suportar melhor os impactos".

"Fico com os momentos em que pude fazer com a moto o que eu queria".

Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna, se uniu aos parabéns a Dani e anunciou, junto ao piloto, que ele será declarado lenda da MotoGP no GP de Valência.

Next article
Azarado, Pedrosa é o mais bem-sucedido da MotoGP sem título

Previous article

Azarado, Pedrosa é o mais bem-sucedido da MotoGP sem título

Next article

GALERIA: Veja as motos e o desempenho de Pedrosa ano a ano

GALERIA: Veja as motos e o desempenho de Pedrosa ano a ano
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Alemanha
Pilotos Dani Pedrosa Shop Now
Autor Oriol Puigdemont