Pedrosa duvida que possa correr em Austin

Após o primeiro treino livre do dia em Austin, Dani Pedrosa reconheceu que tem "dúvidas" sobre a possibilidade de completar o fim de semana

Dani Pedrosa completou 15 voltas no TL11 para o GP de Austin e terminou em 21º na tabela de tempos, 2s10 de seu companheiro de equipe, Marc Márquez, que foi o mais rápido.

"Tem sido difícil, o circuito é muito difícil e tem muitos momentos complicados. Eu tive que ir progressivo. Agora, para ver o que acontece a seguir (no TL2), e se a dor vai maior ou menor", explicou, logo que desceu da moto.

Pedrosa está sendo atendido no box pelos médicos da MotoGP o tempo todo.

"Tomei analgésicos e me esquentei. Pensava que tinha mais força do que tenho. Existem zonas onde não posso frear como quero ou fazer mudanças de direção. Há um problema de falta de controle", explicou o piloto da Honda.

Após este primeiro treino, Pedrosa enfrentará o segundo, mas no momento ele duvida se conseguirá completar o fim de semana.

"Neste momento ainda tenho dúvidas se poderei correr. Eu tenho menos força do que eu esperava, e teremos que ver se a dor se mantém ou aumenta", reconheceu. "De qualquer forma, estou longe do ritmo", acrescentou.

Um dos problemas é a dificuldade da pista, que se acentua com a lesão na mão direita.

"A pista é muito ruim. Muita poeira e as áreas alisadas não têm muita aderência", referindo-se a áreas onde as zebras foram reduzidas.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP das Américas
Pista Circuit of the Americas
Pilotos Dani Pedrosa
Tipo de artigo Últimas notícias