Pedrosa não vê Honda “super pronta” para temporada

Com performances longe do esperado, piloto entrará em 11ª temporada pela Repsol Honda em 2016

Tido como um dos pilotos que poderia ter vantagem com a nova tocada dos pneus Michelin, privilegiando pilotos mais precisos, Dani Pedrosa se frustrou com os primeiros testes da MotoGP. Segundo ele, o novo modelo da RC213V da Honda tem problemas em todas as pistas que já andou.

"Não melhoramos muito", admitiu o espanhol. "Nós não tínhamos pneus novos sobrando (no último dia de teste), então não pudemos fazer muitos testes e terminei meu treino mais cedo do que o habitual.”

"Nós não melhoramos muito a moto, por isso tudo é um pouco incerto agora. Precisamos tentar mais algumas coisas para a corrida, vamos ver o que podemos trazer.”

"No momento está difícil. Nós não estamos super prontos, mas vamos fazer o nosso melhor para ver o que podemos fazer."

Com problemas em "todas as pistas"

Pedrosa esteve mais próximo do ritmo na quinta-feira, terminando a apenas 0s4 do líder Maverick Vinales, na sétima posição. Porém ele ressaltou que a Honda tinha problemas em "todas as pistas" que havia estado.

"Na quinta-feira nós não começamos bem. No início eu tive algum problema com um pneu", disse Pedrosa. "Tive que mudar, aí perdi o ritmo, o que me levou muito tempo para encontrar novamente.”

"Eu fiz mais da metade de uma corrida em distância com o pneu, então eu estou acumulando um pouco de experiência.”

"A sensação não é tão boa como eu queria. Estamos com problemas em todas as pistas que já treinamos, mas temos de ser positivos e melhorar passo a passo."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento Teste de março no Catar
Pista Losail International Circuit
Pilotos Dani Pedrosa
Equipes Repsol Honda Team
Tipo de artigo Últimas notícias