Petrucci: Deixar Dovi passar teria sido ruim para MotoGP

Italiano diz que até pensou em ajudar compatriota, mas que preferiu ficar com segundo lugar após ser ultrapassado por Márquez

Estrela do GP de San Marino do último domingo, Danilo Petrucci disse que não pôde comemorar como deveria seu terceiro pódio neste ano. O italiano liderou boa parte da prova, mas foi ultrapassado na última volta por Marc Márquez e teve que se contentar com o segundo posto.

"Estou com sensações muito misturadas e com certeza estou feliz por estar no pódio novamente na Itália”, disse Danilo.

“Mas eu liderei a corrida por não sei quantas voltas e fiquei bastante assustado, porque nesta manhã entendemos que a pista estava muito escorregadia, especialmente em algumas curvas."

"Quando eu estava na frente depois que Jorge (Lorenzo) caiu, disse: ‘OK, vamos ver o que está acontecendo’. Eu tentei muitas vezes dar o máximo, mas com oito voltas para o fim, assumi um grande risco na curva 6. Então, eu disse: ‘OK, talvez Marc me passe’. Mas depois de dois minutos eu entendi que ele era muito inteligente para ficar na frente e tentar impor um ritmo diferente.”

"Eu pensei em deixá-lo passar para ele ditar o ritmo, mas no warm-up ele era mais forte e eu estava com medo de que ele pudesse ir embora. Então, tentei ficar na frente toda a corrida. Eu dei o máximo com duas voltas para o fim, mas na penúltima volta ele fez uma excelente última curva e passou por mim", acrescentou.

"Eu tentei passa-lo na curva 4, quando ele errou. Mas eu perdi a frente e minha moto só ficou de pé porque sou muito alto e recuperei com o joelho. Márquez fez uma última volta incrível e estou um pouco triste com o segundo lugar. Mas não tenho arrependimentos, porque tentei toda a corrida. Ele fez uma última volta incrível, então ele merece essa vitória hoje."

Petrucci tentou se livrar de Márquez em poucas ocasiões durante a corrida, mas disse que pensou em deixar Dovizioso (piloto da Ducati, que foi o terceiro) passar após notar que não poderia vencer a prova. No entanto, ele espera ter outras oportunidades para ajudar o compatriota.

"Eu tenho que ser sincero, pensei sobre isso", admitiu Petrucci.

"Eu esperava que Andrea estivesse perto. Mas acho que Andrea pode lutar pelo campeonato mesmo sem minha ajuda desta vez. Talvez ficarei mais feliz em ser mais importante para ele nas próximas corridas."

"Eu estava pensando sobre isso, mas eu tentei passar Marc até o último setor da pista", disse ele.

"Eu estava olhando para ele e ele estava tomando muitos riscos, mas não cometeu nenhum erro. E eu não acho esta teria sido uma boa imagem para o campeonato - dar uma posição na última volta. Todos estamos lutando por algo aqui.”

"Eu disse na quinta-feira que quero ajudar Dovi pelo campeonato. Mas deixá-lo passar na última curva não seria bom para o campeonato, eu não sei."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Danilo Petrucci
Tipo de artigo Últimas notícias