Petrucci: Em 2019 quero chegar à equipe oficial já preparado

compartilhar
comentários
Petrucci: Em 2019 quero chegar à equipe oficial já preparado
Oriol Puigdemont
Por: Oriol Puigdemont
Traduzido por: Daniel Betting
2 de ago de 2018 20:08

Danilo Petrucci, que na próxima temporada vai competir com a equipe oficial da Ducati, diz que usará a segunda metade da temporada para preparar sua estreia com a equipe de fábrica

Danilo Petrucci, Pramac Racing
Danilo Petrucci, Pramac Racing
Second place Danilo Petrucci, Pramac Racing
Danilo Petrucci, Pramac Racing
Danilo Petrucci, Pramac Racing
Danilo Petrucci, Pramac Racing

Danilo Petrucci continua com o mesmo objetivo de sempre, ser o primeiro satélite, mas agora com a vantagem de trabalhar para estrear em 2019 para alinhar com a Ducati oficial de fábrica, substituindo Jorge Lorenzo, e lutar por vitórias desde a primeira corrida.

"Teria sido bom ter mais uma semana de férias, mas também é bom voltar a correr de moto. Eu esperava um pouco menos de calor", disse.

"Na Holanda e na Alemanha, eu esperava muito das corridas porque achava que iam ser com mais frio, pelo contrário, foram as mais quentes da temporada", acrescentou admitindo que com altas temperaturas diminui seu desempenho.

"A Alemanha as coisas foram bem, no final não pude estar no pódio, mas fiz uma boa corrida numa pista que, no papel, não era favorito pelo consumo dos pneus, mas pilotei bem. Encontramos uma boa configuração que pode funcionar aqui também".

Leia também:

"Nosso objetivo continua o mesmo, terminar entre os cinco primeiros do mundial e como o primeiro satélite, mas claramente o principal é permanecer competitivo. Na Alemanha recuperamos alguns pontos, eu me aproximei de Zarco e não estou longe da Ducati oficial, então a segunda parte da temporada será importante".

"Não temos muitos dados de pista porque nos últimos anos choveu, mas quero estar na frente e na mesma linha da última corrida."

O italiano não quer antecipar nada sobre a Áustria, a próxima corrida, muito favorável para a Ducati, mas tem na cabeça "fazer algumas mudanças ergonômicas na moto para melhorar a minha posição e não sofrer tanto nas frenagens", seguindo a linha de Jorge Lorenzo.

"A segunda parte da temporada vai ser muito importante para mim, quero entender minhas fraquezas, trabalhá-las e melhorá-las, e trabalhar especialmente na constância, para chegar em 2019 na Ducati preparado desde a primeira corrida", concluiu.

Próxima MotoGP matéria
Dovizioso: Se Lorenzo acha que o prejudico, é problema dele

Previous article

Dovizioso: Se Lorenzo acha que o prejudico, é problema dele

Next article

Rossi: Yamaha estava errada na adaptação à nova eletrônica

Rossi: Yamaha estava errada na adaptação à nova eletrônica
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da República Tcheca
Pilotos Danilo Petrucci
Autor Oriol Puigdemont
Tipo de matéria Reactions