Petrucci: "Esta será minha última temporada na Pramac"

Contrato de Danilo Petrucci com a equipe termina no final de 2018, mas não pretende renovar

Danilo Petrucci disputa sua quarta temporada em 2018 na Pramac, equipe satélite da Ducati, depois de completar seu melhor ano no MotoGP no ano passado, terminando em oitavo no geral com 124 pontos e quatro pódios. O piloto encerra o contrato com a equipe no final deste ano e, embora tenha uma cláusula de renovação, mas ele não pretende exercê-la.

"Eu li na imprensa que eu estou fora da equipe, que chegará [Francesco] Bagnaia no meu posto", disse Petrucci à Gazzetta dello Sport.

Nos últimos dias, tem se falado sobre a possível chegada de Pecco Bagnaia a Pramac em 2019, o que deixaria Danilo fora da equipe com um contrato para esse ano assinado com recém-assinado com Jack Miller.

Agora vem a confirmação de Petrucci, que reconhece que, na verdade este será seu último ano na Pramac, em 2019 não será mais piloto da Ducati e terá que procurar o seu futuro em outra equipe.

"Paolo Campinoti [proprietário da Pramac Racing] e eu estávamos conscientes. Ele me levou para fora do submundo, mas sabíamos que este seria o nosso último ano juntos, o ciclo está sendo concluído. E também o sentido do projeto Pramac para mim. Eu tenho um contrato com a Ducati, há uma opção que termina em junho [2018] para entrar na equipe oficial, se não for assim, estarei livre", explicou Danilo.

O piloto ainda mantém a esperança de confirmar o crescimento como um piloto demonstrado em 2017 para convencer a casa de Borgo Panigale de que pode ser uma de suas escolhas na equipa oficial para 2019, mas sabe que não será fácil, porque o mercado se moverá muito rapidamente, com os melhores pilotos terminando seus contratos.

"Esse é o sonho, mas acho que tudo será decidido nas primeiras corridas e não vejo que seja justo. Se você assinar após o terceiro GP, os outros 15 você corre com uma motivação diferente. O que aconteceu com Folger pode ter a ver com isso, é um mundo que pressiona demais", diz o italiano.

No ano passado, Petrucci teve uma oferta da Aprilia sobre a mesa, e a casa de Noale, poderia, novamente, voltar para tentar Petrux.

"Em 2017, a tentação de ir para Aprilia foi muito forte, tornar-se um piloto oficial de uma marca italiana me animou muito. Mas eu não quero acabar mal em minha casa. Embora depois de sete anos na MotoGP, a ambição seja essa", conclui.

Danilo Petrucci, Pramac Racing

Danilo Petrucci, Pramac Racing
1/7

Danilo Petrucci, Pramac Racing

Danilo Petrucci, Pramac Racing
2/7

Danilo Petrucci, Pramac Racing

Danilo Petrucci, Pramac Racing
3/7

Danilo Petrucci, Pramac Racing

Danilo Petrucci, Pramac Racing
4/7

Francesco Bagnaia, Sky Racing Team VR46

Francesco Bagnaia, Sky Racing Team VR46
5/7

Francesco Bagnaia, Sky Racing Team VR46

Francesco Bagnaia, Sky Racing Team VR46
6/7

Jorge Lorenzo y Andrea Dovizioso, Ducati Team

Jorge Lorenzo y Andrea Dovizioso, Ducati Team
7/7

Photo by: Ducati Corse
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Danilo Petrucci
Tipo de artigo Últimas notícias