Petrucci lidera 1-2-3-4 da Ducati no fim dos testes de Sepang

compartilhar
comentários
Petrucci lidera 1-2-3-4 da Ducati no fim dos testes de Sepang
Por:
8 de fev de 2019 10:35

Danilo Petrucci detonou o recorde não-oficial de Sepang na MotoGP no último dia de testes de pré-temporada na pista malaia, quando liderou o domínio da Ducati.

O italiano marcou 1min58s239, quase 0s6 melhor que o antigo recorde de seu antecessor na Ducati, Jorge Lorenzo, nos testes do ano passado.

Petrucci registrou a marca perto do fim da primeira hora de sessão. Ele posteriormente sofreu um acidente na curva 5, destruindo a nova peça aerodinâmica que a Ducati estreava no dia.

Campeão da Moto2, Pecco Bagnaia foi apenas 0s063 mais lento que Petrucci usando uma Ducati de 2018 da equipe Pramac.

Seu parceiro Jack Miller foi mais seis centésimos mais lento e sofreu um acidente com sua GP19, enquanto que Andrea Dovizioso completou o top 4, 0s3 atrás de Petrucci.

Assim como a Ducati, a Yamaha também estreou novidades nesta sexta-feira, e suas operações mais uma vez foram comandadas por Maverick Viñales.

O líder da quinta-feira foi o primeiro a superar o antigo recorde de Lorenzo, mas, no fim, terminou como o “melhor do resto” atrás da Ducati, em quinto.

Cal Crutchlow, da LCR, foi o melhor Honda, em sexto, e o último entre os que superaram o recorde antigo e Lorenzo.

Alex Espargaró foi sétimo pela Aprilia, enquanto que seu parcerio, Andrea Iannone, continuou com dificuldades após sofrer uma infecção na boca e não andou. Ele foi substituído por Bradley Smith.

Depois de terminar atrás de Fabio Quartararo na quinta-feira, Franco Morbidelli voltou a ficar à frente no dia final, ficando em oitavo, enquanto que o francês foi 16º.

Takaaki Nakagami foi nono pela LCR, à frente de Valentino Rossi, da Yamaha, e Marc Márquez, da Honda. O espanhol, atual campeão, ficou duas posições à frente de Stefan Bradl, substituto de Lorenzo.

Alex Rins, da Suzuki, foi 12º, enquanto que Joan Mir, seu companheiro de equipe e estreante, foi 15º, apenas 0s001 atrás de Tito Rabat, da Avintia Ducati.

Johann Zarco liderou a KTM em 17º, à frente de Pol Espargaró, da equipe oficial, e de Miguel Oliveira, da satélite Tech 3.

O pelotão da MotoGP se reunirá novamente no Catar para o teste final, neste mês. A temporada terá início no mesmo local, no dia 10 de março.

Resultados

Pos. Piloto Equipe Tempo Dif. Voltas
1 Danilo Petrucci Ducati 1:58.239   32
2 Francesco Bagnaia Pramac Ducati 1:58.302 0.063 21
3 Jack Miller Pramac Ducati 1:58.366 0.127 47
4 Andrea Dovizioso Ducati 1:58.538 0.299 36
5 Maverick Vinales Yamaha 1:58.644 0.405 79
6 Cal Crutchlow LCR Honda 1:58.780 0.541 61
7 Aleix Espargaro Aprilia 1:59.022 0.783 52
8 Franco Morbidelli SRT Yamaha 1:59.141 0.902 66
9 Takaaki Nakagami LCR Honda 1:59.148 0.909 61
10 Valentino Rossi Yamaha 1:59.155 0.916 62
11 Marc Marquez Honda 1:59.170 0.931 39
12 Alex Rins Suzuki 1:59.180 0.941 75
13 Stefan Bradl Honda 1:59.368 1.129 57
14 Tito Rabat Avintia Ducati 1:59.485 1.246 41
15 Joan Mir Suzuki 1:59.486 1.247 53
16 Fabio Quartararo SRT Yamaha 1:59.497 1.258 77
17 Johann Zarco KTM 1:59.640 1.401 44
18 Pol Espargaro KTM 1:59.751 1.512 57
19 Miguel Oliveira Tech 3 KTM 1:59.949 1.710 38
20 Karel Abraham Avintia Ducati 2:00.378 2.139 36
21 Hafizh Syahrin Tech 3 KTM 2:00.766 2.527 21
22 Sylvain Guintoli Suzuki 2:00.990 2.751 56
23 Bradley Smith Aprilia 2:00.995 2.756 56
24 Mika Kallio KTM 2:01.020 2.781 38
25 Moto teste Yamaha 2 Yamaha 2:01.243 3.004 43
26 Moto teste Yamaha 1 Yamaha 2:01.719 3.480 49
Next article
Rins exalta bom ritmo da Suzuki com pneus usados

Previous article

Rins exalta bom ritmo da Suzuki com pneus usados

Next article

Após cirurgia, Pedrosa deve ficar três meses em recuperação

Após cirurgia, Pedrosa deve ficar três meses em recuperação
Load comments