Pilotos acusam Bradl por acidente na primeira volta em Brno

compartilhar
comentários
Pilotos acusam Bradl por acidente na primeira volta em Brno
David Gruz
Por: David Gruz
Traduzido por: Daniel Betting
6 de ago de 2018 21:45

Stefan Bradl foi acusado de causar a colisão de três motos na primeira volta do GP da República Tcheca, que Jack Miller classificou como "pequeno acidente"

Jack Miller, Pramac Racing after the crash
Jack Miller, Pramac Racing
Stefan Bradl, HRC Honda Team
Stefan Bradl, HRC Honda Team
Bradley Smith, Red Bull KTM Factory Racing
Bradley Smith, Red Bull KTM Factory Racing
Franco Morbidelli, Estrella Galicia 0,0 Marc VDS, Czech Moto3 2018

Stefan Bradl colidiu com Maverick Viñales e Bradley Smith na curva 3 do circuito de Brno, resultando no abandono dos três pilotos. Este foi o segundo acidente da temporada envolvendo várias motos na volta de abertura de uma prova da MotoGP, após Pol Espargaró derrubar Alex Rins e Andrea Iannone em Sachsenring.

Jack Miller, que também foi vítima do acidente de Sachsenring, ficou perto de se envolver na colisão do GP da República Tcheca.

"Foi bem na minha frente, tive que diminuir por causa disso. Bradl apenas tentou nos passar de uma só vez", afirmou o piloto da Pramac.

"Foi um pequeno acidente desagradável, eu tive que quase parar, apenas para esperar as motos passarem por meu pneu dianteiro.”

Leia também:

"Eu honestamente pensei: 'aqui vamos nós, deja vu de novo', tive sorte de não me enroscar nesta semana."

Franco Morbidelli, da Marc VDS Honda, foi outro piloto que assistiu ao acidente.

Ele disse que o acidente foi causado porque Bradl entrou na curva 3 muito rápido, e o italiano se disse "assustado" com pilotos forçando muito nos estágios iniciais das corridas.

"Eu acho que Stefan entrou na curva 3 com muita velocidade e acho que ele freou um pouco tarde demais, perdeu a frente e fez o strike. Eu fiquei um pouco assustado.”

"A única coisa que me assusta um pouco é aquilo no início, quando você está muito atrás, muitos pilotos ainda querem ganhar posições nos estágios iniciais e pode acontecer de alguns terem a mesma ideia de frear muito dentro”.

"Você tem mais pessoas à sua frente e mais coisas para se preocupar, então é um pouco mais perigoso nos estágios iniciais da corrida. A única coisa que eu gostaria de fazer é largar um pouco mais na frente para ficar longe deste grupo selvagem".

No entanto, Bradl insistiu que foi atingido por trás, o que causou acidente.

"Eu estava freando para a curva 3 e estava um pouco perto de Viñales, de repente eu senti uma pancada por trás ou algo assim", lembrou.

"Na verdade, percebi quando parei no cascalho, vi também que Bradley estava envolvido. Eu não sabia o que estava acontecendo.”

"Tentei ver também a direção da corrida para obter mais informações, mas não há filmagem e ninguém pôde realmente ver muito. Isso é um ponto de interrogação para mim."

Reportagem adicional de Jamie Klein e Gerald Dirnbeck

Próxima MotoGP matéria
Rossi diz que o circuito do México é muito perigoso

Previous article

Rossi diz que o circuito do México é muito perigoso

Next article

Com fratura, Espargaró desfalca KTM no GP da Áustria

Com fratura, Espargaró desfalca KTM no GP da Áustria
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da República Tcheca
Sub-evento Domingo - Pós-corrida
Pilotos Stefan Bradl
Equipes Team HRC
Autor David Gruz
Tipo de matéria Últimas notícias