Pilotos da Suzuki confiam que erros de 2017 não se repetirão

Rins e Iannone falam bem de novo motor para temporada de 2018 após primeiro teste em Valência

Após o treino de pós-temporada em Valência depois da última corrida do ano da MotoGP, a dupla de pilotos da Suzuki se confessou animada com o novo motor para a temporada de 2018. Ainda no início do desenvolvimento, Alex Rins e Andrea Iannone veem grande potencial no novo conjunto.

"As novas concessões nos ajudarão a melhorar e desenvolver", disse Rins, que, juntamente com seu companheiro de equipe, Andrea Iannone, perdeu o primeiro dia de testes devido a uma infecção viral.

"Este ano tínhamos problemas no motor. Tomamos uma decisão errada, e se pudéssemos refazer isso, será diferente. Espero que a gente não repita o mesmo erro.”

"Com este novo motor eu não alcanço o limite e posso andar um pouco mais relaxado.”

"Desde o início, consegui entrar melhor nas curvas com mais estabilidade, e isso me ajuda. Melhoramos a tração, mas especialmente na frenagem. Não encontrei nenhum ponto negativo".

Iannone se "surpreendeu" com ritmo em Valência

Iannone também ficou satisfeito com o novo motor Suzuki e disse que teve um ritmo inesperadamente forte nos testes.

"O motor deu pequenos passos à frente", disse o italiano. "É muito semelhante ao de 2017, mas um pouco melhor.”

"Confirmamos a sensação que tivemos no teste de Brno, onde tentamos uma versão similar a esta.”

"A nova especificação do motor é melhor porque não empurra a frente nas curvas da mesma maneira que a especificação anterior. Isso é o que esperávamos.”

"Nessa área, isso nos permite ser melhores. A moto é fantástica, tem muita agilidade. Agora também temos um ótimo ritmo. Estou bastante surpreso com o ritmo.”

Reportagem adicional por Oriol Puigdemont e Giacomo Rauli

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Andrea Iannone , Alex Rins
Equipes Team Suzuki Ecstar MotoGP
Tipo de artigo Últimas notícias