Pol Espargaró: KTM pode ir ao Q2 em condições normais

compartilhar
comentários
Pol Espargaró: KTM pode ir ao Q2 em condições normais
David Gruz
Por: David Gruz
Traduzido por: Gabriel Carvalho
9 de ago de 2017 14:15

Animado com desempenho em Brno, espanhol crê que time austríaco evoluiu o suficiente para brigar por vaga na fase decisiva da classificação sem depender de circunstâncias especiais

Pol Espargaro, Red Bull KTM Factory Racing
Pol Espargaro, Red Bull KTM Factory Racing
Pol Espargaro, Red Bull KTM Factory Racing
Pol Espargaro, Red Bull KTM Factory Racing
Pol Espargaro, Red Bull KTM Factory Racing
Pol Espargaro, Red Bull KTM Factory Racing
Pol Espargaro, Red Bull KTM Factory Racing
Pol Espargaro, Red Bull KTM Factory Racing
Pol Espargaro, Red Bull KTM Factory Racing
Pol Espargaro, Red Bull KTM Factory Racing

Pol Espargaró está confiante de que a KTM evoluiu. Tanto que o espanhol já vê a equipe austríaca forte o suficiente para lutar por uma vaga no Q2 em condições normais.

Espargaró toma como base o GP da República Tcheca, quando mostrou um ritmo forte no TL4, terminando em nono e andando perto de Johann Zarco, da Tech3. Entretanto, o espanhol acabou sofrendo uma queda no Q1 e conseguiu apenas o 18º posto do grid, uma posição atrás de Bradley Smith, companheiro de equipe.

"Estivemos muito perto", disse. "Após o TL4, quando tive Zarco à frente e controlei a situação, administrando a distância em relação a ele, o que me deixou positivamente surpreso."

"No Q1 eu estava fazendo isso, mas estava um pouco mais quente do que esperávamos. Eu estava no ritmo dos ponteiros. Uma pena (a queda), pois creio que foi a primeira vez que lutávamos pelo Q2 em condições normais.

"Mesmo com a queda, fiquei feliz ao poder mostrar ao time e pudemos, juntos, mostrar a todos que podemos andar com os demais. Ter a moto neste nível é muito bom."

"Precisamos nos acostumar com essas condições e com a sensação de lutar pelo top-10. Precisamos trabalhar duro e estar mais vezes em tal situação para não cometer erros." acrescentou.

Na corrida, Espargaró crê que poderia ter obtido um resultado melhor do que o nono lugar se não fosse uma saída de pista que custou tempo ao piloto. De qualquer forma, o espanhol saiu de Brno otimista.

"Estou feliz, ainda que sempre exista algo para melhorar. Cometi um grande erro na corrida e fui para fora da pista, perdendo cerca de seis segundos em uma volta", contou.

"Considerando isso e que tive de ultrapassar muitos adversários na corrida, terminei em nono. Poderíamos ter terminado mais à frente, é ótimo."

"Estou orgulhoso, pois fizemos um grande trabalho em equipe. Depois do teste em Aragon melhoramos a moto bastante e estamos mostrando que podemos andar bem", completou.

Reportagem adicional por Toni Borner

Próxima MotoGP matéria
Análise: Como Márquez dominou corridas 'flag-to-flag'

Previous article

Análise: Como Márquez dominou corridas 'flag-to-flag'

Next article

Lorenzo: MotoGP não tem cultura de paradas como a F1

Lorenzo: MotoGP não tem cultura de paradas como a F1
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da República Tcheca
Localização Brno Circuit
Pilotos Pol Espargaro
Equipes Red Bull KTM Factory Racing (MXGP)
Autor David Gruz
Tipo de matéria Últimas notícias