Pole position em grid bizarro, Miller lembra: “foi um caos”

compartilhar
comentários
Pole position em grid bizarro, Miller lembra: “foi um caos”
Por: Chris Stevens
9 de abr de 2018 16:11

Australiano celebra fim de semana, mas diz que ir para casa sem pódio machuca depois de liderar boa parte da corrida

Polesitter Jack Miller, Pramac Racing
Jack Miller, Pramac Racing
Jack Miller, Pramac Racing
Marc Marquez, Repsol Honda Team re starting the bike on the grid
Jack Miller, Pramac Racing
Jack Miller, Pramac Racing
Jack Miller, Pramac Racing
Jack Miller, Pramac Racing, Marc Marquez, Repsol Honda Team
Jack Miller, Pramac Racing, Marc Marquez, Repsol Honda Team

As polêmicas da prova de Termas de Rio Hondo na Argentina no último final de semana não se restringiram só a Marc Márquez. Antes do início da corrida, Jack Miller provocou involuntariamente uma das cenas mais bizarras da história do mundial.

Miller foi o único piloto a ir para o grid na Argentina com pneus slicks após uma pequena chuva antes do alinhamento. Todos os outros a chegaram ao grid de pneus de chuva.

No entanto, com a pista a secando rapidamente, os outros 23 pilotos foram aos pits para fazer a troca para os slicks, deixando o piloto da Pramac Ducati sozinho na frente do grid.

A direção de provas tomou a decisão de adiar o início da corrida por razões de segurança, mas depois de uma reunião entre os chefes da equipe, foi decidido compensar Miller, dando a ele uma vantagem de seis filas no grid.

"Eu tentei andar de forma inteligente, especialmente nas primeiras voltas com tudo o que aconteceu no grid", lembrou Miller.

“Eu apenas tentei manter minhas emoções sob controle e ser o mais maduro possível, o que às vezes não é o meu ponto forte. Eu sinto que fizemos a coisa certa, e não podemos dizer que alguém fez a coisa errada, mas foi estranho estar sozinho no grid quando deveria haver 24 motos ao meu redor e não havia nenhuma. Foi diferente.”

"Então começou a chover de novo e eu estava pensando: 'ah, Jesus, vai ser um pesadelo'. E então a moto do Marc parou no grid. Foi um caos em todo lugar."

Miller foi ultrapassado por Márquez pela liderança na segunda volta, mas recuperou o primeiro lugar quando o campeão foi forçado a cumprir uma penalidade de ride-through voltas mais tarde.

O australiano, no entanto, cometeu um erro ao ser pressionado pela liderança por Cal Crutchlow, errou e perdeu posições também para Johann Zarco e Alex Rins, terminando em quarto em sua segunda largada pela Ducati.

"São sentimentos mistos, com certeza", admitiu Miller. "Depois de liderar a corrida por tanto tempo, a pole e tudo mais, dói um pouco não chegar em casa com o pódio, mas apesar de tudo foi um bom dia”.

Reportagem adicional por Oriol Puigdemont

Próxima MotoGP matéria
OPINIÃO: Inconsistência da MotoGP faz Márquez virar monstro

Previous article

OPINIÃO: Inconsistência da MotoGP faz Márquez virar monstro

Next article

Grid girls abrilhantam provas da MotoGP e da Stock Car

Grid girls abrilhantam provas da MotoGP e da Stock Car

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Argentina
Localização Autodromo Termas de Rio Hondo
Pilotos Jack Miller
Equipes Alma Pramac Racing
Autor Chris Stevens
Tipo de matéria Últimas notícias