Por segurança, fãs italianos de Marquez não vão a Mugello

Grupo teme hostilidades por parte de fãs de Valentino Rossi por causa de clima quente entre os pilotos

Um grupo de italianos fãs do bicampeão Marc Marquez anunciou a intenção de não comparecer à corrida de Mugello na temporada de 2016 da MotoGP. Em um comunicado, o fã-clube italiano do piloto espanhol confirmou que a decisão foi tomada devido às ameaças e preocupações relativas à segurança dos membros.

"Estamos realmente muito tristes em ter que tomar essa decisão drástica, mas a situação no momento não é boa e o ambiente é realmente perigoso", disse o comunicado.

"Achamos uma pena que os fãs não possam torcer livremente para o seu piloto favorito sem correr o risco de serem ameaçados, tendo coisas jogadas contra eles, ou mesmo sendo cuspidos. Mas, infelizmente, mesmo no motociclismo, chegamos a este ponto".

"Nós esperamos que vocês entendam que esta escolha foi feita pelo bem dos membros."

Comentários publicados no grupo confirmam que a decisão foi tomada devido à rivalidade que surgiu entre Marquez e o italiano Valentino Rossi no final de 2015.

Rossi, favorito dos fãs em seu país natal, acusou Marquez de ajudar o rival Jorge Lorenzo antes de a disputa entre os dois atingir o ápice em um acidente na pista em Sepang.

No entanto, o grupo confirmou que as preocupações estavam lá antes mesmo de a rivalidade Marquez/Rossi atingir o seu pico em 2015.

"Já no ano passado, tivemos ameaças em Mugello e Misano, para não mencionar os cuspes," disseram.

"Infelizmente, há fãs - de todos os pilotos  que não entendem que uma rivalidade entre pilotos não significa ter de levar a um confronto contínuo entre os fãs nas arquibancadas"

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP da Itália
Pista Mugello
Pilotos Valentino Rossi , Marc Marquez
Tipo de artigo Últimas notícias