Principal patrocinadora da Yamaha quer Pedrosa na equipe

Movistar busca espanhol para o lugar de Jorge Lorenzo. Jornal crava que negócio já está fechado

Dani Pedrosa foi campeão da 125cc e duas vezes da 250cc tendo a Movistar por trás de seus êxitos. Ao entrar para a MotoGP, a companhia que pertence a Telefonica perdeu seu piloto para a Repsol e não escondia sua tristeza com esse acontecimento.

O jornal El Pais da Espanha dá como fechado a ida de Pedrosa para a Yamaha para o lugar de Jorge Lorenzo em 2017, fazendo com que a companhia voltasse a ser parceira do piloto.

A equipe também teve interesse em Maverick Vinales, também espanhol, mas o acerto financeiro estaria muito longe.

"Minha situação está como há duas semanas em Jerez. Tenho mais de uma oferta sobre a mesa", garantiu Pedrosa nesta sexta-feira. "A Movistar quer um espanhol, então a decisão é entre Viñales e Pedrosa", admitiu Valentino Rossi, na quinta-feira.

Fontes da Honda asseguraram ao Motorsport.com que não tem nenhuma evidência de que Pedrosa já tenha optado pela Yamaha, embora também seja verdade que a discrição sempre foi um de seus traços mais característicos.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP da França
Pista Le Mans Circuit Bugatti
Pilotos Valentino Rossi , Dani Pedrosa
Equipes Yamaha Factory Racing , Repsol Honda Team
Tipo de artigo Últimas notícias