Rabat retorna às pistas e mira competir em Valência

compartilhar
comentários
Rabat retorna às pistas e mira competir em Valência
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
7 de nov de 2018 10:58

Tito Rabat guiou uma moto pela primeira vez desde que fraturou sua perna em um acidente em Silverstone, o que abre a possibilidade de seu retorno no encerramento da temporada da MotoGP, em Valência.

Rabat está fora de ação desde que sofreu uma fratura tripla na perna direita quando se acidentou na curva Stowe e foi atingido pela moto de Franco Morbidelli.

O piloto da Avintia Ducati originalmente esperava voltar na etapa da Tailândia, mas a demora em sua recuperação o obrigou a ficar de fora da prova e da sequência seguinte, em Motegi, Phillip Island e Sepang.

Christophe Ponsson substituiu Rabat em Misano antes da chegada de Jordi Torres.

O antigo campeão da Moto2 agora tem o objetivo de correr em Valência. Ele retornou à pista em um teste privado com uma Ducati de rua na última terça-feira, na mesma pista.

Caso consiga a liberação dos médicos, espera-se que Rabat ao menos participe das atividades de sexta-feira antes de tomar uma decisão definitiva se participará do fim de semana ou não.

Torres estará de prontidão para a Avintia, mesmo que ele tenha perdido a corrida de Sepang.

O espanhol sofreu uma fratura no polegar esquerdo durante uma queda no quarto treino livre e foi operado pelo cirurgião da MotoGP, Xavier Mir. Ele foi liberado do hospital na quarta pela manhã.

Jordi Torres, Avintia Racing

Jordi Torres, Avintia Racing

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

 

Next article
Bagnaia revela que recusou oferta da MotoGP para 2018

Previous article

Bagnaia revela que recusou oferta da MotoGP para 2018

Next article

Suzuki: Iannone foi dispensado por motivos de “negócios”

Suzuki: Iannone foi dispensado por motivos de “negócios”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Jordi Torres , Tito Rabat
Equipes Reale Avintia Racing
Autor Jamie Klein
Tipo de matéria Últimas notícias