Redding diz que Honda desvalorizava seu feedback

Ex-piloto da Marc VDS na MotoGP, britânico diz que encontrou ambiente diferente na Pramac: “estou envolvido com o time de fábrica”

Iniciando seu terceiro ano na MotoGP em 2016, Scott Redding já tem um pódio na categoria – conquistado em Misano no ano passado. No entanto, isso não foi suficiente para que o britânico convencesse no campeonato.

Sempre batido pela maioria dos outros pilotos de motos satélites em 2015, ele saiu da Marc VDS e foi para a Pramac Ducati procurando se reerguer na categoria. Fora da Honda, o britânico de 23 anos reclamou do tratamento que tinha na montadora japonesa.

"Todas as equipes dizem que valorizam o seu feedback, mas dizer e fazer são duas coisas diferentes", disse Redding ao MOTORSPORT.COM quando perguntado sobre sua mudança da Honda para a Ducati.

"Uma das principais coisas que observei em Jerez foi que o pessoal da equipe de fábrica da Ducati veio me ajudar com a moto e pediu o meu feedback.”

"Foi ótimo saber que estou envolvido com a equipe de fábrica, não só na parte do desenvolvimento, mas também para me ajudar a melhorar como piloto.”

"Em Jerez (teste realizado na última semana), me senti confortável com a moto e a forma como estavam falando comigo. Estou trabalhando bem com Giacomo Guidotti (novo chefe de equipe) e dando bons passos."

Meta: lugar no time de fábrica

Mesmo correndo ao lado de Danilo Petrucci, que fez um 2015 muito satisfatório - conquistando inclusive um pódio - Redding está confiante que pode fazer ainda melhor.

"Danilo deu um grande passo no ano passado, e isso me chocou na verdade", acrescentou. "Ele tem um ano mais do que eu nesta moto, mas não acho que isso vá ser um grande problema.”

"Eu já me sinto confortável na moto e acho que posso fazer um trabalho ainda melhor no meu primeiro ano na Ducati."

Perguntado se acha que pode estar na disputa para um lugar na equipe de fábrica da Ducati em 2017, Redding disse: "esse é definitivamente o futuro que planejo”.

"Posso fazer isso com a ajuda da equipe Pramac. Eu só tenho que entregar os resultados para fazer a fábrica me querer."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Scott Redding
Equipes Pramac Racing
Tipo de artigo Entrevista