Rins: Nova Suzuki é "100 vezes melhor" que a do ano passado

compartilhar
comentários
Rins: Nova Suzuki é
Valentin Khorounzhiy
Por: Valentin Khorounzhiy
Traduzido por: Daniel Betting
19 de fev de 2018 21:24

O piloto da Suzuki Alex Rins diz que a especificação de 2018 da GSX-RR MotoGP já é "100 vezes melhor" do que a versão anterior

Alex Rins, Team Suzuki MotoGP
Alex Rins, Team Suzuki MotoGP
Alex Rins, Team Suzuki MotoGP
Alex Rins, Team Suzuki MotoGP with new fairing
Alex Rins, Team Suzuki MotoGP
Alex Rins, Team Suzuki MotoGP
Alex Rins, Team Suzuki MotoGP

A Suzuki enfrentou uma campanha tórrida na MotoGP em 2017, perdendo terreno para os principais fabricantes da categoria e não conseguindo um único pódio com Andrea Iannone e com o novato Alex Rins.

Sua nova moto mostrou uma proposta mais forte nos testes de pré-temporada até o momento, em particular nas mãos de Rins durante o segundo teste na Tailândia.

"Nós estamos saindo com uma boa base para a moto", disse Rins, que andou entre os sete primeiros em todos os três dias de teste de Buriram e ficou apenas 0s012 de Cal Crutchlow no dia da abertura.

"Neste segundo teste, tentamos muitas coisas, e algumas delas descartamos porque temos certeza de que não funcionam”.

"Tanto na Malásia quanto aqui [Buriram], fizemos um ótimo trabalho. Estamos tendo muitos aspectos positivos, e você pode ver isso tanto no ritmo quanto nos tempos de volta que conseguimos”.

"Nós nunca estamos satisfeitos, então eu posso pedir um pouco mais de potência, um pouco mais de aceleração. Mas acho que temos uma moto boa, uma moto que é 100 vezes melhor do que no ano passado".

Um líder perene na Moto3 e Moto2, Rins recebeu uma promoção para a equipe de fábrica da Suzuki na MotoGP em 2017, mas só conseguiu terminar em 16º lugar, depois que as lesões interromperam sua preparação para a temporada e a sua campanha.

"Esta foi a pré-temporada que eu trabalhei o mais duro", disse Rins. "No ano passado, eu estava inativo durante todo o mês de dezembro e parte de janeiro”.

"Este inverno, eu estava levantando cedo para ir à academia para treinar, e graças a isso me sinto mais preparado”.

"O ano passado foi realmente difícil para mim, sofri muito com as lesões e tudo mais. Mas agora estou em uma boa performance.”

INformação adicional de Oriol Puigdemont

Próxima MotoGP matéria
Márquez: Honda escolheu seguir com motor “agressivo demais”

Previous article

Márquez: Honda escolheu seguir com motor “agressivo demais”

Next article

Honda apresenta cores de sua moto de 2018

Honda apresenta cores de sua moto de 2018
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Alex Rins
Equipes Team Suzuki Ecstar MotoGP
Autor Valentin Khorounzhiy
Tipo de matéria Últimas notícias