Rossi: "A Yamaha vai precisar trabalhar muito no inverno"

compartilhar
comentários
Rossi:
Germán Garcia Casanova
Por: Germán Garcia Casanova
Traduzido por: Daniel Betting
17 de nov de 2017 18:22

Italiano aproveitou o último dia de testes em Valência para trabalhar em diferentes motores e tomar uma decisão para o teste de Sepang

A Yamaha está voltando às suas últimas evoluções tentando encontrar a direção perdida durante 2017. Na última corrida, e em uma decisão quase desesperada, entraram na pista com o chassi de 2016 depois de montá-lo no warm up. O caminho nesse sentido parece claro.

Onde eles ainda estão perdidos é em termos do motor. Em sua estreia na terça-feira, Valentino Rossi foi ao chão após três voltas, destruindo a moto, mas na quarta-feira ele pôde andar e fazer comparações para analisar o comportamento da nova versão.

"Teríamos muito trabalho a fazer para decidir sobre motores diferentes, Valência não é o melhor lugar para experimentá-los, mas também é importante porque saberemos como comportar-se em curvas lentas".

O italiano terá um teste final este ano em Sepang dentro de dez dias, onde ele poderá comparar as conclusões traçadas em Valência com suas sensações na pista da Malásia.

"Nós decidimos algumas coisas, mas vamos ver em Sepang porque é uma pista completamente diferente".

Um dos cavalos de batalha da Yamaha tem sido o consumo excessivo de pneus. Rossi diz que o novo motor não soluciona o problema.

"Não ajuda", ele respondeu quando perguntado sobre gerenciamento de pneus.

Outra das novidades que a Yamaha trouxe para este teste foi uma carenagem com asas, bem como a que eles montaram em 2016. No entanto, o italiano não acredita que fazer uma moto semelhante à da temporada passada seja suficiente para voltar a vencer, depois de um ano em que Maverick Viñales e Rossi conquistaram apenas quatro vitórias.

"Testamos a carenagem com asas e isso me deu bons sentimentos, mas não é suficiente para voltar à moto 2016 para pensar em vencer ou lutar pelo campeonato, a Yamaha vai trabalhar duro neste inverno".

Rossi confirmou que, no teste da Malásia, eles não terão a moto de 2018 e continuarão com o mesmo que levaram a Valência.

Galeria
Lista

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
1/8

Foto de: Gold and Goose / LAT Images

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
2/8

Foto de: Gold and Goose / LAT Images

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
3/8

Foto de: Gold and Goose / LAT Images

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
4/8

Foto de: Gold and Goose / LAT Images

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
5/8

Foto de: Miquel Liso

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing motos

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing motos
6/8

Foto de: Gold and Goose / LAT Images

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
7/8

Foto de: Gold and Goose / LAT Images

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
8/8

Foto de: Gold and Goose / LAT Images

Próxima MotoGP matéria
Miller: "A Ducati é diferente da Honda em tudo"

Previous article

Miller: "A Ducati é diferente da Honda em tudo"

Next article

Lorenzo leva time de férias ao Caribe

Lorenzo leva time de férias ao Caribe
Load comments