Rossi diz que 2015 não foi sua última chance de vencer

Italiano garante que ainda tem potencial para os próximos anos: “posso ir tão ou mais rápido do que nesta temporada”

Mesmo com um grande golpe na confiança após perder o título de 2015 na última corrida do ano, Valentino Rossi planeja voltar ao ritmo que apresentou durante todo este ano em 2016 – último ano de contrato que tem por ora com a Yamaha.

Ele garante que está motivado ainda para tentar ir atrás do décimo título.

"No próximo ano eu posso ir melhor ou tão rápido quanto neste ano", disse ele.

"Mas isso depende muito da motivação, em como a Yamaha irá com os Michelin, o nosso trabalho e tudo o mais.”

"O próximo ano será outra história, e eu vou tentar, como sempre."

Diretor-geral da equipe Yamaha, Lin Jarvis disse que o time estava bem consciente do quão dura foi a derrota para Rossi frente ao companheiro Jorge Lorenzo.

"Perder o campeonato por apenas cinco pontos deve ser muito difícil quando se está na frente desde o início", reconheceu Jarvis.

"Nós sabíamos que apenas um poderia ganhar. Este é um problema de ter dois grandes pilotos em uma equipe - mesmo quando você ganha, alguém não está feliz.”

"Você não pode voltar o relógio. Você tem que se concentrar apenas no futuro."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Valentino Rossi
Tipo de artigo Últimas notícias