Rossi espera que Viñales não seja "ainda melhor" que Lorenzo

Valentino Rossi revela que espera que novo companheiro de equipe não se torne mais forte do que o antecessor, Jorge Lorenzo

Valentino Rossi tem Maverick Viñales como novo companheiro de equipe na Yamaha para a temporada 2017 da MotoGP. O jovem espanhol substitui Jorge Lorenzo, que deixou o time japonês rumo à Ducati. Já no primeiro contato com a nova equipe, Viñales liderou os dois dias de testes de pós-temporada em Valência, no fim do ano passado.

Na próxima segunda-feira, quando se iniciam os testes de pré-temporada em Sepang, Rossi e Viñales voltam a andar com a versão 2017 da M1, apresentada oficialmente na semana passada, em Madri.

Ao avaliar os primeiros contatos de Viñales com a Yamaha entrevista ao diário italiano La Gazzetta Dello Sport, Rossi classificou o espanhol como um "grande problema" e espera que o piloto não se torne uma dor de cabeça ainda maior do que o antecessor em termos de desempenho.

“Eu tive adversários muito fortes em minha carreira, mas nunca tive um que me fizesse pensar na aposentadoria. Não creio que será o caso agora - pelo menos é o que eu espero. Depende dos resultados. Viñales é um problema e tanto. Eu esperava que ele pudesse ser um pouco pior do que Lorenzo, mas ele foi muito veloz logo de cara", disse.

Questionado se temia ser derrotado por Viñales, Rossi respondeu: "Não sei, ele é muito jovem, uma geração pós-Lorenzo. Jorge é um grande piloto, espero que Maverick não seja ainda melhor", acrescentou.

Rossi admitiu ainda que está curioso para ver como Lorenzo se sairá na estreia na Ducati - equipe pela qual o italiano teve uma passagem nada vitoriosa em 2011 e 2012.

“Estou curioso para ver como serão as coisas para Lorenzo. Ver o quanto ele poderá ser competitivo será uma das grandes atrações deste ano", completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Valentino Rossi , Jorge Lorenzo , Maverick Viñales
Equipes Yamaha Factory Racing
Tipo de artigo Últimas notícias