Rossi: "Foi melhor do que o esperado"

O piloto da Yamaha completou as duas primeiras sessões de treino do GP de Aragón sem novidades, e no final do dia anunciou que "não senti dor" e que segue em frente

Alcañiz - Valentino Rossi vai continuar no GP de Aragón, marcado para este fim de semana em Motorland, depois de passar sem problemas no primeiro dia de treinos livres, completando um total de oito voltas pela manhã e treze à tarde. O italiano marcou o melhor tempo de 2m01s97, 20º na folha de tempo no final do dia, mais de dois segundos atrás do mais rápido, Dani Pedrosa.

Para Rossi, esta sexta-feira não foi um dia para ir rápido ou provar qualquer coisa, mas foi um dia para tentar garantir que a perna operada 22 dias atrás poderia suportar um GP.

"Foi um dia positivo. Fiquei bem e confortável na moto. A posição acima da M1 é de fato melhor do que com a R1", referindo-se à moto que ele usou para testar em Misano na segunda e terça-feira.

A chave era a dor e minimizava os riscos.

"Eu não senti muita dor ou fiquei inchado após as duas sessões", disse o italiano, que espera aguentar o resto do fim de semana.

"Na chuva, não teria problemas para completar toda a corrida (23 voltas), mas se não chover, veremos. No seco você precisa se mover mais agressivamente e sair mais da moto do que com a R1", comparou novamente.

Embora uma fina chuva acompanhou os pilotos durante as duas sessões de treinos nesta sexta-feira, os prognósticos preveem sol e calor para o resto do fim de semana.

"Não sei se a água é melhor porque, por um lado, permite que você pilote de maneira mais suave, mas, por outro lado, você tem que deixar alguma margem porque há mais chances de cometer um erro", disse.

Em suas condições, ir para a corrida o mais à frente do grid possível seria a chave para Rossi.

"A primeira coisa a ver é se eu posso estar no Q2. O rápido retorno me preocupa, mas pouco", admitiu sem rodeios.

Ele parece não estar preocupado em rodar por muitas voltas e sua resistência física.

"A resistência [física] será importante, mas se eu puder fazer 25 voltas, será melhor reservá-las para o domingo."

Rossi explicou que ele tem proteção adicional em seu equipamento.

"Nós estudamos algum tipo de proteções dentro da bota e não foi ruim. Nós também tocamos um pouco dos tocos [da motocicleta], mas espero que amanhã seja normal".

A avaliação no final do dia foi positiva para o piloto da Yamaha.

"Foi melhor do que o esperado, mas também não sabia o que esperar", disse Valentino depois do seu retorno heroico 22 dias depois de ser submetido a uma cirurgia.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP de Aragón
Pista Motorland Aragon
Pilotos Valentino Rossi
Tipo de artigo Últimas notícias