Rossi: Nenhum dia de pré-temporada 2017 foi tão bom

compartilhar
comentários
Rossi: Nenhum dia de pré-temporada 2017 foi tão bom
David Gruz
Por: David Gruz
Traduzido por: Daniel Betting
28 de jan de 2018 15:01

Valentino Rossi foi positivo após o dia de abertura do teste da MotoGP de 2018 em Sepang, dizendo que nenhum dia de sua pré-temporada de 2017 foi tão bom

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing

Valentino Rossi e Maverick Viñales passaram a temporada passada lutando com o chassi 2017 da Yamaha, bem como com a degradação dos pneus traseiros e o desempenho da moto em condições mistas, levando a equipe a trazer de volta a versão 2016 como base para a moto deste ano.

Ambos os pilotos passaram o tempo no topo da tabela durante o primeiro dos três dias de teste em Sepang antes de terminarem o início do dia, com Rossi e Vinales em sexto e Viñales em 13º.

Rossi elogiou a nova Yamaha, dizendo que ela esteve "sempre competitiva" durante o dia, o que não era o caso no teste de pré-temporada de 2017.

"Não me lembro do ano passado, de um dia assim", disse Rossi.

"Eu sempre estive competitivo, estou feliz porque em novembro [no teste privado de Sepang] fizemos um bom trabalho, entendemos melhor depois da confusão durante a temporada”.

"O chassi de hoje é um novo chassi, uma evolução, mas é baseado no de 2016”.

"Quando ando neste chassi, me sinto melhor, minha pilotagem é mais natural, me sinto melhor e quando acelero, tenho uma boa velocidade".

Além disso, Rossi revelou que estava usando motores diferentes na tentativa de melhorar a aceleração, além de trabalhar na eletrônica para resolver problemas de degradação dos pneus traseiros.

Rossi não fez mais corridas para economizar energia, já que o primeiro dia após as férias de inverno em Sepang é um "desastre fisicamente".

No entanto, Viñales disse que estava se concentrando em corridas mais longas, e sentiu que grandes ganhos foram feitos em termos de gerenciamento de pneus.

"Há uma melhora real porque, da volta zero à volta 20, eu realmente fiquei [dentro] 0s3-0s4, isso é muito positivo”.

"Me senti bem com isso, mas ainda assim, acho que podemos melhorar muito".

Informação adicional de Oriol Puigdemont

Próxima MotoGP matéria
Pedrosa domina primeiro dia de testes em Sepang

Previous article

Pedrosa domina primeiro dia de testes em Sepang

Next article

Pedrosa: "Novo motor Honda tem potência e velocidade"

Pedrosa: "Novo motor Honda tem potência e velocidade"
Load comments