Rossi: Pedrosa merecia um título da MotoGP, "no mínimo"

compartilhar
comentários
Rossi: Pedrosa merecia um título da MotoGP,
Valentin Khorounzhiy
Por: Valentin Khorounzhiy
12 de jul de 2018 20:29

Andrea Dovizioso e Marc Márquez também exaltaram carreira e aprendizado com espanhol que anunciou sua aposentadoria nesta quinta-feira

Dani Pedrosa, Repsol Honda Team, Casey Stoner, Ducati Marlboro Team, Valentino Rossi, Fiat Yamaha Te
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team press conference
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team, Valentino Rossi, Fiat Yamaha Team
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team and Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Andrea Dovizioso, Ducati Team, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team
Dani Pedrosa, Andrea Dovizioso, Repsol Honda Team
Dani Pedrosa, Andrea Dovizioso, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team, Marc Marquez, Repsol Honda Team

Dani Pedrosa anunciou nesta quinta-feira a sua aposentadoria das pistas ao final da atual temporada, após perder lugar na Honda para Jorge Lorenzo.

Desde a sua chegada em 2006, Pedrosa venceu 31 corridas na MotoGP, um recorde que o deixa em oitavo lugar junto com o tetracampeão das 500cc, Eddie Lawson, no ranking da categoria rainha.

Mas um título de MotoGP iludiu Pedrosa, que foi vice-campeão em três temporadas, e com o espanhol atualmente em 12º lugar na classificação deste ano, ele sairá da categoria sem um campeonato de pilotos.

Leia também:

"É uma grande pena para a MotoGP, porque o nosso esporte perdeu um dos melhores pilotos nos últimos anos", disse o sete vezes campeão da MotoGP, Valentino Rossi.

“Também é uma grande pena que Dani nunca ganhou um campeonato mundial na MotoGP, acho que ele merecia um, no mínimo.”

“Também é muito cedo, mas esta escolha é muito pessoal. Eu não esperava, pensei que ele continuaria, talvez com a Yamaha, mas ele mudou de ideia, ele pensou muito.

"É uma grande pena para todos."

Rossi disse que o estilo de pilotagem de Pedrosa foi influente na MotoGP, já que o espanhol foi capaz de se beneficiar de endireitar a moto rapidamente de um ângulo ao acelerar para fora de uma curva.

"Dani é sempre um piloto muito técnico", acrescentou o italiano. "Seu estilo é sempre muito inteligente e limpo."

“É bom seguir e tentar entender, ele é sempre muito limpo na freada, tenta não deslizar muito e também foi um dos primeiros a pegar a moto em aceleração muito cedo.”

“Eu acho que isso é uma das particularidades do seu estilo de pilotagem.”

Andrea Dovizioso, que competiu ao lado de Pedrosa na Honda entre 2009 e 2011, disse que este foi um aspecto em que ele aprendeu com seu ex-companheiro de equipe.

“Dani, foi meu companheiro de equipe na HRC, na 125 cc, ele sempre foi um pouco mais rápido do que eu e eu tentei estudar muito dele”, recordou Dovizioso.

“Aprendi especialmente do jeito que ele pega a moto, foi incrível. Por isso, na 125, 250 já fizeram uma grande mudança, e ainda na MotoGP continuaram assim.

“Especialmente para o meu estilo de pilotagem, eu estudei muito e esse foi um dos piores pontos para mim, e eu estava tentando aprender o máximo possível para tentar repetir ou seguir esse caminho.”

O atual companheiro de equipa de Pedrosa, Marc Márquez, fez uma parceria com o espanhol em toda a sua carreira na categoria rainha até ao momento, vencendo quatro títulos em cinco temporadas.

"Posso dizer que quando cheguei à MotoGP, ele [Pedrosa] me ensinou a andar na moto", disse Márquez.

“Quero dizer, claro, cheguei lá, peguei a moto, não fui tão ruim, mas depois, com todos os detalhes, quem foi meu companheiro de equipe? Meu companheiro de equipe era Dani.”

Next article
Perder Sachsenring seria "uma pena", dizem pilotos

Previous article

Perder Sachsenring seria "uma pena", dizem pilotos

Next article

Lorenzo: "Sachsenring é o circuito mais difícil para mim"

Lorenzo: "Sachsenring é o circuito mais difícil para mim"
Load comments