Rossi reconhece falta de ritmo e fala em “pequenos erros” no acerto da moto

Piloto da Yamaha manteve sequência de pódios em todas as provas realizadas na temporada 2015 até o momento, mas lamentou falta de ritmo e escolhas equivocadas no acerto da moto

Valentino Rossi, que terminou em terceiro no GP da República Tcheca, realizado neste domingo (16), sai de Brno um tanto quanto insatisfeito com o desempenho apresentado na corrida, vencida pelo companheiro de equipe, Jorge Lorenzo.

Com o resultado, Rossi perdeu a vantagem sobre Lorenzo: ambos estão com 211 pontos, empatados na liderança do campeonato – o espanhol fica à frente por ter cinco vitórias no ano, contra três do italiano.

Rossi se mostrou insatisfeito com o desempenho apresentado na prova. Ainda que reconheça que bater Lorenzo seria difícil, o piloto esperava poder brigar com Marc Márquez pela segunda posição, o que não aconteceu.

"Esperava ser mais veloz aqui, mas não creio que tenhamos encontrado os pneus ideais. Sei que acompanhar Jorge seria muito difícil, mas minha ideia era conseguir andar no mesmo ritmo de Marc. Infelizmente, minha largada foi ruim. Além disso, meu ritmo também não foi bom, eu briguei muito com a moto. Queria ter feito uma prova mais próximo dos dois primeiros, mas meu ritmo não foi bom o suficiente”, reconheceu.

Ainda assim, Rossi manteve a sequência de provas no pódio, o que ele conseguiu em todas as provas deste ano – combinado com a temporada passada, são 15 pódios consecutivos – e celebrou o aspecto positivo do final de semana em Brno.

"Eu não tinha aderência na dianteira e na traseira. Mas, no fim, consegui chegar ao pódio. Acabei tendo sorte, pois o grupo que terminou atrás de mim parece ter enfrentado mais dificuldades do que eu”, observou.

“Pequenos erros” no acerto da moto

Para a corrida, Rossi optou pelos pneus duros na dianteira e na traseira, enquanto Lorenzo optou pelos compostos médios. Além da escolha não ter funcionado a contento, o italiano sentiu que as mudanças no acerto da moto, realizadas durante o warm up, tiveram efeito negativo, mais do que a escolha da borracha.

"Acabou não dando certo (utilizar os duros na corrida). Eu simplesmente optei pelos compostos com os quais eu me senti melhor durante os treinos. Por alguma razão, as coisas mudaram na corrida. Fizemos algumas modificações com a moto, e talvez tenhamos cometido pequenos erros. Creio que mais por causa disso eu não tenha sido veloz o suficiente”, ponderou.

A próxima parada da MotoGP é em Silverstone, pista na qual Rossi foi ao pódio no ano passado. A expectativa do piloto da Yamaha é apresentar um desempenho melhor no traçado britânico.

"Silverstone é uma pista fantástica, mas muito difícil – no ano passado eu tive um bom desempenho lá. O clima é mais frio, há a possibilidade de chuva. Daremos o nosso melhor e a expectativa é ter um bom fim de semana” encerrou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP da República Tcheca
Pista Brno
Pilotos Valentino Rossi
Equipes Yamaha Factory Racing
Tipo de artigo Últimas notícias