Rossi: sem solução para falta de aderência na dianteira

compartilhar
comentários
Rossi: sem solução para falta de aderência na dianteira
Charles Bradley
Por: Charles Bradley
12 de abr de 2016 14:21

Valentino Rossi revelou que não possui respostas no momento para a queda que o levou a abandonar o GP das Américas no último domingo

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Movistar Yamaha MotoGP, Yamaha
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Movistar Yamaha MotoGP, Yamaha

Valentino Rossi, que abandonou uma prova da MotoGP pela primeira vez desde o GP de Aragón de 2014 ao sofrer uma queda no último domingo, durante o GP das Américas, reconhece que não tem resposta no momento para os problemas de aderência na dianteira da moto.

Na curva 2 do circuito em Austin, durante a terceira volta da prova, o italiano perdeu a frente repentinamente e caiu, sendo obrigado a deixar a disputa.

Em uma situação semelhante à enfrentada pelos pilotos do Mundial de Superbike com os pneus Pirelli, Rossi ressalta que as equipes da MotoGP e a Michelin devem trabalhar para melhorar a situação - mas a única maneira para ele evitar mais quedas no futuro seria aperfeiçoar a pilotagem.

“Acredito que não tenho uma solução. O pneu seguirá sendo assim, embora eu creia que a Michelin possa trabalhar nisso", disse.

"Acima de tudo, entretanto, temos que trabalhar em cima das motos para aperfeiçoar o acerto. Precisamos encontrar uma forma de fazer esses pneus funcionarem melhor, mas mais do que isso, não podemos cometer erros", afirmou.

“Se você comete um pequeno erro, você paga por isso"

Rossi destacou ainda que nem todas as motos sofrem os mesmos problemas com o pneu dianteiro fornecido pela Michelin, além de elencar hipóteses para a queda sofrida em Austin.

“Certamente a situação para nós é diferente se comparada à da Honda. Na temporada passada, os Bridgestone podiam apresentar outros problemas, mas tínhamos muita segurança na dianteira. neste ano, se você comete um pequeno erro, você paga por isso", disse.

“No momento da queda, entrei na curva 2 com a mesma velocidade, há dois 'bumps' ali e talvez eu tenha colocado a moto mais dentro da curva, talvez tenha perdido a concentração, talvez tenha ido além do limite e perdi a frente da moto", completou.

Próxima MotoGP matéria
Pedrosa defende banimento de aletas após acidente em Austin

Previous article

Pedrosa defende banimento de aletas após acidente em Austin

Next article

Dovizioso: "imitam Rossi por não terem personalidade"

Dovizioso: "imitam Rossi por não terem personalidade"
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP das Américas
Localização Circuit of the Americas
Pilotos Valentino Rossi Shop Now
Equipes Movistar Yamaha MotoGP
Autor Charles Bradley
Tipo de matéria Últimas notícias