Stoner: nível da MotoGP não subiu desde minha saída

Bicampeão da MotoGP, Casey Stoner não considera que a categoria tenha elevado seu nível técnico desde que se retirou das corridas, há cinco temporadas.

O australiano, que triunfou com a Ducati em 2007 e com a Honda em 2011, não compete na categoria desde 2013. De lá para cá, a MotoGP viu, por exemplo, a estreia de Marc Márquez, que abalou as estruturas do certame ao conquistar quatro títulos em cinco campanhas.

Stoner, porém, acredita que o nível geral da categoria não está diferente de quando deixou as pistas. “Todos dizem há muitos anos que o nível continua a subir, mas, para mim, poder voltar depois de quatro anos aposentado e fazer tempos similares aos dos melhores pilotos... Isso significa que não vejo esse aumento”, disse o australiano ao Motorsport.com.

“Acho que a tendência mudou: onde focar na trajetória, no piloto ou no personagem. Eu estava correndo contra [Andrea] Dovizioso, Jorge [Lorenzo] e [Dani] Pedrosa e eles ainda estão vencendo corridas e lutando por títulos.”

“É sempre uma questão de mudança: o estilo de pilotagem, as motos, a eletrônica...”, completou. 

Entrevista a Oriol Puigdemont

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Tipo de artigo Últimas notícias