Stoner pode retornar à Ducati para testar em 2016

Com desgaste interno na Honda, piloto australiano poderia voltar para Ducati para realizar testes no próximo ano

Campeão em 2007 e aposentado em 2012 apenas aos 27 anos de idade, Casey Stoner pode retornar à Ducati em 2016 como piloto de testes. O ex-piloto atualmente desempenha esta função na equipe Honda.

Perguntado em Valência, Paolo Ciabatti, diretor esportivo da marca de Borgo Panigale, confirmou o contato com o australiano.

"Casey é um herói para a Ducati. Ele ganhou muitas corridas e o título em 2007", disse Ciabatti.

"Obviamente ele se mudou para a Honda em 2011, mas ele ainda está nos corações de todos os fãs da Ducati. Ele também tem um ótimo relacionamento com muitas pessoas da Ducati.”

"Vamos ver o que o futuro traz - ele está sob contrato com a Honda até o final deste ano, mas se houver uma chance de fazer algo com ele, nós gostaríamos de fazer."

A especulação sobre uma reunificação entre Stoner e Ducati surgiu no mês passado, com o esfriamento das relações entre o bicampeão e a Honda.

O australiano tinha alegadamente se oferecido como substituto para Dani Pedrosa no início deste ano após o GP do Catar, mas isso foi recusado pela Honda que escolheu o japonês Hiroshi Aoyama para o lugar do espanhol.

Stoner então competiu nas 8 Horas de Suzuka pela marca japonesa em julho, mas acabou caindo devido a um travamento do acelerador. O piloto acabou tendo sua clavícula fraturada.

A Honda, no entanto, demorou a admitir que a responsabilidade no acidente havia sido de um problema mecânico. Os japoneses inicialmente culparam Stoner.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Casey Stoner
Equipes Ducati Team
Tipo de artigo Últimas notícias