Suspeita de mononucleose tira Folger do GP do Japão

Alemão da Tech3 se sente mal em chegada ao Japão e é vetado para correr neste final de semana; Kohta Nozane substitui o piloto

Piloto da Tech3 Yamaha na MotoGP, o alemão Jonas Folger não correrá no GP do Japão deste fim de semana em Motegi. O time francês anunciou nesta quinta-feira (12) que Folger terá que voltar para a Alemanha para se submeter a exames médicos. Suspeita-se que Jonas tenha para mononucleose.

Sua participação nas próximas provas, em Phillip Island e Sepang, também foi descrita como "duvidosa". Chefe da equipe, Herve Poncharal disse que está "99% certo" de que Folger não vai correr na Austrália.

O piloto de testes da Yamaha, Kohta Nozane, foi recrutado como substituto de Folger em Motegi. O piloto de 21 anos fará sua estreia na MotoGP neste fim de semana ao lado de Johann Zarco.

"Eu me sento muito fraco desde as corridas de Misano e Aragón", admitiu Folger. "Na chegada aqui, fiquei sem energia. Sair do quarto do hotel era impossível para mim.”

"Eu me encontrei com Herve na quarta-feira à noite e concordamos em fazer uma checagem com os médicos nesta manhã.”

"Encontrei o Dr. Charte e a equipe da Clinica Mobile e me aconselharam a retornar imediatamente à Alemanha para uma série de exames de sangue.”

"Eu tive o vírus Epstein Barr no passado, e é uma possibilidade que isso tenha se acentuado novamente, mas não podemos ter certeza até que eu faça esses testes em Munique."

Atualmente, Folger ocupa o décimo lugar na classificação do mundial. Seu melhor resultado foi um segundo lugar em Sachsenring. Ele está a 33 pontos do companheiro de equipe Johann Zarco. A saída de Folger dá virtualmente a Zarco o título de novato do ano.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP do Japão
Pista Twin Ring Motegi
Pilotos Jonas Folger , Kohta Nozane
Equipes Tech 3
Tipo de artigo Últimas notícias