Suzuki estende acordo com Álex Rins até 2020

Piloto espanhol assina novo contrato com time japonês e se garante no grid da MotoGP pelos próximos dois anos

Álex Rins continuará andando na equipe Suzuki pelas próximas duas temporadas. O espanhol de 22 anos de idade confirmou nesta quinta em Le Mans que assinou uma extensão de seu acordo com a escuderia de Hamamatsu.

"Estou muito feliz com a renovação do contrato", disse Rins. "Mesmo quando estava na Moto2 e estava a planejando mudar para a MotoGP, foi sempre o projeto da Suzuki que parecia mais brilhante e interessante aos meus olhos”.

"O projeto que a equipe estabeleceu para mim é fantástico, posso confiar plenamente nas capacidades da companhia e da equipe quando se trata de desenvolvimento e melhoria, e tenho certeza de que podemos continuar buscando grandes resultados."

Piloto de destaque nos cinco anos que fez de Moto3 e Moto2, Rins foi contratado pela Suzuki em um contrato inicial de dois anos antes de 2017. A temporada de estreia do espanhol foi atrapalhada por contusões, no entanto a Suzuki também teve problemas para ser competitiva, deixando Rins no 16º lugar depois de perder cinco corridas.

Equipado com uma versão muito melhorada da GSX-RR em 2018, Rins conseguiu seu primeiro pódio na categoria rainha na Argentina – embora tenha caído nos outros três GPs que aconteceram neste ano.

"Minha estreia no ano passado foi complicada, mas sempre senti o carinho e o apoio da Suzuki e de toda a equipe", continuou Rins.

"Conseguimos reverter a situação por sermos pacientes. Trabalharmos duro e fomos consistentes. Neste ano finalmente conquistamos o primeiro pódio com o terceiro lugar na Argentina.”

"Mas não importa os resultados, bons ou ruins, o clima no box sempre foi positivo".

A renovação de Rins era esperada há muito tempo, e a identidade de seu futuro companheiro de equipe é o principal mistério do grid de 2019. Embora Andrea Iannone tenha estado em boa fase em 2018, a Suzuki está tentando contratar o tricampeão mundial Jorge Lorenzo, atualmente na Ducati.

"A renovação do contrato de Alex é uma fonte de grande orgulho para nós, especialmente porque sempre esperávamos que fosse um projeto que durasse por um longo período de tempo", disse o líder do projeto da Suzuki na MotoGP, Shinichi Sahara.

Confira o grid de 2019 da MotoGP:

EquipePilotos
Repsol Honda

Marc Marquez

TBA

Movistar Yamaha

Valentino Rossi

Maverick Vinales

Ducati

TBA

Suzuki

Alex Rins

TBA

Aprilia

TBA

Red Bull KTM

Pol Espargaro

Johann Zarco

LCR Honda

Cal Crutchlow

TBA

Marc VDS*

Franco Morbidelli

TBA

Pramac Ducati

Francesco Bagnaia

TBA

Nieto*

TBA

Avintia*

Xavier Simeon

TBA

Tech 3 KTM

Miguel Oliveira

TBA

* Fabricante incerta

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Alex Rins
Equipes Team Suzuki Ecstar MotoGP
Tipo de artigo Últimas notícias