Tech 3 admite dificuldade para achar substituto para Folger

compartilhar
comentários
Tech 3 admite dificuldade para achar substituto para Folger
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
Co-autor: Oriol Puigdemont
1 de fev de 2018 14:27

O chefe da Tech 3 Yamaha, Herve Poncharal, admite que está tendo dificuldades para encontrar um substituto que seja suficientemente “empolgante” para Jonas Folger para a temporada de 2018 da MotoGP.

Hervé Poncharal, Monster Yamaha Tech 3 Team Principal
Nozane
Casey Stoner, Ducati Team, Michele Pirro, Ducati Team
Yonny Hernandez, Monster Yamaha Tech 3
Yonny Hernandez, Monster Yamaha Tech 3
Yonny Hernandez, Monster Yamaha Tech 3
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3, Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Jonas Folger, Monster Yamaha Tech 3
Jonas Folger, Monster Yamaha Tech 3
Jonas Folger, Monster Yamaha Tech 3
Jonas Folger, Monster Yamaha Tech 3

A equipe francesa trouxe o ex-piloto da Aspar e da Pramac Ducati Yonny Hernandez para o primeiro teste de pré-temporada, em Sepang, mas o colombiano possui contrato para competir na Superbike, de modo que é improvável que ele assine para disputar a temporaa inteira da MotoGP.

Poncharal indicou anteriormente que queria definir um substituto para Folger antes do segundo teste, na Tailândia, que acontece neste mês, mas afirmou que é um desafio encontrar um substituto que seja suficientemente competitivo dentro da pista e atrativo a patrocinadores fora dela.

“Infelizmente, estamos no fim de janeiro. A maioria dos bons pilotos já estão assinados, seja também na Superbike ou Moto2”, disse, durante os testes na Malásia.

“Acho que há um único piloto que esteja totalmente livre, Sandro Cortese. Então, a lista é muito curta.”

“Claro, sem desrespeitar ninguém. Essa é uma M1, e essa M1 esteve no pódio no ano passado. Sabemos do nível e precisamos ser capazes de oferecer aos nossos parceiros algo que seja empolgante.”

“Há alguns pilotos que estão nos telefonando, mas, infelizmente, não queremos estar no grid só para estar no grid. Queremos ter algo que seja empolgante.”

“Em um mundo ideal, eu adoraria ter um piloto jovem, da Moto2. Mas eles também já têm contratos. No momento, estou com dificuldades para encontrar algo que seja empolgante.”

Entende-se que a opção de preferência para substituir Folger seja Michele Pirro, piloto de testes da Ducati, mas Poncharal aparentemente descartou a ideia de contratar o italiano.

“Pirro está com uma fábrica que, até o ano passado, estava lutando pelo título. E sempre li que ele era uma parte essencial do programa de corridas”, disse.

“Respeito muito Gigi Dall’Igna [diretor técnico da Ducati] e todos dentro da Ducati, e não consigo imaginar a Yamaha ou Tech 3 agredindo a concorrência na pista.”

“Para mim, é importante que, quando você assina um documento, você o lê. Quando você assina, é porque é a melhor oferta que você tem.”

“Se às vezes algo melhor está por vir, às vezes é tarde demais.”

Outros candidatos a substituir Folger incluem os pilotos da Moto2 Dominique Aegerter, Hafizh Syahrin e Hector Barberá, enquanto que o piloto de testes da Yamaha, Kohta Nozane, também permanece como uma possibilidade.

Próxima MotoGP matéria
Dificuldade em primeiro teste preocupa Viñales

Previous article

Dificuldade em primeiro teste preocupa Viñales

Next article

F1 e MotoGP aprovam Circuito de Barcelona

F1 e MotoGP aprovam Circuito de Barcelona
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Michele Pirro , Yonny Hernandez , Jonas Folger
Equipes Monster Yamaha Tech 3
Autor Jamie Klein
Tipo de matéria Últimas notícias