Grid 2018 da MotoGP deve ser fechado por piloto pagante

Belga, Xavier Simeon deve ocupar segundo lugar na Avintia e forçar retorno de Barberá e Baz para Moto2 e WSBK

Com o belga Xavier Simeon da Moto2 buscando uma subida para a MotoGP pagando por um lugar na equipe Avintia Ducati, o grid da MotoGP de 2018 já está quase completamente fechado.

Com Tito Rabat já confirmado no time, o belga deverá tirar as possibilidades de Hector Barberá e Loris Baz na categoria rainha do mundial.

O espanhol deve se juntar à equipe Pons, onde o jovem francês Fabio Quartararo deve perder um assento após um ano difícil na Moto2.

"No próximo ano eu vou voltar para o Moto2", disse Barbera ao Motorsport.com. "Na MotoGP há sete anos, é muito difícil andar na frente e a Ducati é uma moto muito difícil.”

"Agora eu quero ganhar, e a Moto2 é mais fácil porque todas as motos são semelhantes e o piloto pode fazer a diferença."

Barberá substituiu Andrea Iannone na Ducati no ano passado em Motegi e Phillip Island, mas caiu em ambas as corridas. O piloto de 30 anos disse que sabia por esta experiência que a temporada deste ano deveria ser difícil, já que utilizaria a moto de 2016 nesta temporada pela Avintia.

"Este ano eu tive muitos problemas com esta moto", disse Barbera. "Quando freio muito forte, temos muita vibração. É impossível dar o máximo.”

"Quando tentei esta moto no ano passado em Motegi e na Austrália, caí nas duas corridas. Eu não tive uma boa sensação.”

"Quando eu tentei novamente depois do GP do Valencia (do ano passado), tive o mesmo problema. Após 10 ou 12 corridas, eu tenho o mesmo problema. Eu tive esse problema o ano todo."

Baz analisa retorno à Superbike

Companheiro de Barberá na Avintia, Loris Baz diz que analisa um retorno ao Mundial de Superbike, onde ele correu entre 2012 e 2014 pela Kawasaki e conseguiu duas vitórias. O piloto deve perder seu lugar para o belga Xavier Simeon.

"Claro que é o que eu tentaria (um retorno ao WSBK), é minha primeira opção caso eu não possa ficar aqui", disse o francês ao Motorsport.com.

"Sempre me senti muito bem na Superbike, tive grandes resultados lá e deixei o campeonato há alguns anos para vir aqui. É o segundo campeonato do mundo, então seria o melhor se eu não puder ficar aqui."

Confira como está o grid de 2018:

EquipePilotos
Repsol Honda

 Marc Marquez

 Dani Pedrosa

Movistar Yamaha

 Valentino Rossi

 Maverick Vinales

Ducati

 Andrea Dovizioso

 Jorge Lorenzo

Suzuki

 Andrea Iannone

 Alex Rins

Aprilia

 Aleix Espargaro

 Scott Redding

KTM

 Pol Espargaro

 Bradley Smith

LCR Honda

 Cal Crutchlow

 Takaaki Nakagami

Marc VDS Honda

 Franco Morbidelli

 Tom Luthi

Tech 3 Yamaha

 Johann Zarco

 Jonas Folger

Pramac Ducati

 Danilo Petrucci

 Jack Miller

Aspar Ducati

 Alvaro Bautista

 Karel Abraham

Avintia Ducati

 Tito Rabat

 Xavier Simeon

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP , Moto2
Pilotos Hector Barbera
Equipes Avintia Racing
Tipo de artigo Últimas notícias