Valentino Rossi é pivô de gafe futebolística na Itália

O zagueiro Alessio Romagnoli, recém contratado pelo Milan, gostaria de usar a camisa 46 do time em homenagem ao heptacampeão da MotoGP, Valentino Rossi. Só que o piloto é, declaradamente, torcedor da Inter

A idolatria a Valentino Rossi transcende o mundo das corridas. Que o diga o novo contratado do Milan, Alessio Romagnoli, que veio da Roma, tendo passagem pela Sampdoria, por empréstimo. Como a escolha da numeração das camisas do clube é livre, como já faz hoje a maioria das equipes brasileiras, Romagnoli quis homenagear seu grande ídolo, Valentino Rossi, e estampar o 46 em seu manto.

Acontece que Valentino é sabidamente torcedor da Inter, maior rival do Milan, o que acabou não pegando muito bem logo em sua chegada. Dirigentes da equipe rossonera não gostaram muito da ideia. Orientado por pessoas do clube, Romagnoli voltou atrás e escolheu um outro número:

"Sou muito fã de Valentino, mas posso pegar a camisa 13, que foi de Nesta. É uma comparação importante, já que preciso percorrer um longo caminho para chegar ao seu nível", justificou o jogador quando chegou ao aeroporto de Milão.

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Valentino Rossi
Tipo de artigo Últimas notícias