Viñales bota fim a jejum da Yamaha; Márquez é acertado por Zarco

compartilhar
comentários
Viñales bota fim a jejum da Yamaha; Márquez é acertado por Zarco
28 de out de 2018 05:41

Espanhol conquista sua primeira vitória desde GP da França de 2017 e coloca fim à maior seca da Yamaha na história da MotoGP

O GP da Austrália deste domingo (28) marcou finalmente a redenção da Yamaha na MotoGP. Depois de corridas bastante complicadas da metade para o fim desta temporada, o time finalmente conseguiu interromper seu maior hiato de vitórias em sua história na classe principal do Mundial de Motovelocidade desde sua entrada oficial, em 1973.

O responsável por isso foi Maverick Viñales, que conquistou sua primeira vitória na temporada e quinta na classe principal. O espanhol não ganhava uma prova desde o GP da França de 2017, e a Yamaha desde a Holanda no ano passado – 25 corridas atrás.

Viñales, que chegou a ser nono nas primeira voltas, abriu uma boa distância após a metade da corrida para a disputa pelo segundo posto, envolvendo Andrea Iannone, Andrea Dovizioso, Valentino Rossi, Álvaro Bautista e Álex Rins. No fim, o piloto italiano da Suzuki, líder dos treinos livres e do warm-up na manhã de domingo, foi o mais veloz e, apesar de alguns erros, se colocou à frente do xará Dovizioso.

Bautista fez uma grande corrida, indo de 12º a quarto ao final da corrida, depois de chegar a ser segundo. Superado por Rins na última volta na curva Sibéria, Rossi foi o sexto.

Depois de assegurar o título no campeonato deste ano na última etapa no Japão, a corrida de Marc Márquez durou apenas seis voltas. O piloto espanhol foi vítima de um erro de julgamento de Johann Zarco na curva 1 quando abriu sua trajetória para fazer a tomada da curva e entrou na frente da linha do bicampeão da Moto2.

Zarco não conseguiu tirar a moto do ponto onde Márquez ia e o toque ocorreu. O contato fez a moto de Zarco ser catapultada por sobre a roda traseira de Márquez, que sofreu com avarias na rabeta de sua Honda. O francês caiu em alta velocidade e o 93 foi apenas aos boxes para abandonar. Zarco felizmente saiu sem consequências físicas.

 

O ítalo-brasileiro Franco Morbidelli foi o oitavo, conquistando seu melhor resultado na carreira na MotoGP.

O italiano Danilo Petrucci, saindo de oitavo, liderou por uma curva após boa largada. No entanto, ele julgou mal seu ponto de freada na curva 2, perdeu o controle e acabou saindo da pista, dando adeus às chances na corrida logo no começo.

A próxima etapa da MotoGP é na semana que vem, na Malásia.

Confira o resultado da corrida:

Pos.   # Piloto Moto Tempo
1   25 Spain Maverick Viñales Yamaha  
2   29 Italy Andrea Iannone Suzuki 1.543
3   4 Italy Andrea Dovizioso Ducati 0.289
4   19 Spain Alvaro Bautista Ducati 2.240
5   42 Spain Alex Rins Suzuki 0.945
6   46 Italy Valentino Rossi Yamaha 0.115
7   43 Australia Jack Miller Ducati 1.624
8   21 Italy Franco Morbidelli Honda 15.049
9   41 Spain Aleix Espargaro Aprilia 1.099
10   38 United Kingdom Bradley Smith KTM 0.036
11   17 Czech Republic Karel Abraham Ducati 11.446
12   9 Italy Danilo Petrucci Ducati 0.639
13   45 United Kingdom Scott Redding Aprilia 1.323
14   30 Japan Takaaki Nakagami Honda 0.041
15   10 Belgium Xavier Simeon Ducati 7.825
16   12 Switzerland Thomas Luthi Honda 4.012
17   81 Spain Jordi Torres Ducati 16.739
18   7 Australia Mike Jones Ducati 14.852
  dnf 44 Spain Pol Espargaro KTM  
  dnf 55 Malaysia Hafizh Syahrin Yamaha  
  dnf 26 Spain Dani Pedrosa Honda  
  dnf 93 Spain Marc Marquez Honda  
  dnf 5 France Johann Zarco Yamaha  

Next article
Rossi: garoa de classificação exigiu “grandes bolas”

Previous article

Rossi: garoa de classificação exigiu “grandes bolas”

Next article

TABELA: Viñales vence e se aproxima da disputa pelo vice

TABELA: Viñales vence e se aproxima da disputa pelo vice
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Austrália
Tipo de matéria Relato da corrida