Viñales: "Encontramos o que estava errado"

compartilhar
comentários
Viñales:
15 de jun de 2018 22:41

Piloto da Yamaha terminou o treino livre da sexta-feira mais concentrado em preparar a moto para a corrida do que em fazer um bom tempo

Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing

Barcelona.- Maverick Viñales liderou o teste que os pilotos da MotoGP realizaram em Barcelona há pouco menos de um mês para experimentar o novo asfalto do circuito. Este fato fez com o espanhol chegar com moral alta ao circuito catalão, apesar do mau resultado na última corrida em Mugello, o que foi confirmado no primeiro contato com a pista.

O piloto da Yamaha confessou na quinta-feira que seus problemas estão apenas na falta de aderência. O recapeamento feito no circuito de Barcelona ajuda o catalão neste sentido, mas o piloto garante que encontrou menos aderência do que quando pilotaram em maio.

"As sensações são muito boas, embora no teste houvesse muito mais aderência do que agora", disse Viñales. "Apesar disso, pude fazer uma boa volta. Precisei de mais tempo do que o esperado para ir mais rápido, mas porque a moto estava em configuração de corrida.”

Viñales, terceiro desta sexta-feira com uma volta de 1min39s422, ficou a quase meio segundo de Jorge Lorenzo (1min38s930), que rodou abaixo da marca de referência no teste feito pela Yamaha (1min38s974). O piloto da moto # 25 minimizou a importância do tempo e ficou mais focado no domingo.

"Trabalhamos para a corrida", explicou. "Estamos fazendo um bom trabalho. Neste ano você não pode confiar nos tempos, mas estou feliz porque o tempo que consegui foi no calor".

A temperatura tem sido um dos cavalos de batalha no box da Yamaha, embora na pista de Barcelona não pareça afetar tanto.

"Quando a temperatura subiu, a frente ficou um pouco instável e a moto derrapou bastante na frente. Demos um passo em frente, acho que nós encontramos o que estava errado e agora temos de continuar trabalhando na parte da frente. A moto tem se comportado de maneira muito semelhante pela manhã e à tarde.”

Next article
Márquez não se sente "confortável" em Barcelona

Previous article

Márquez não se sente "confortável" em Barcelona

Next article

Acordo com MotoGP é trunfo de grupo por terreno no Rio

Acordo com MotoGP é trunfo de grupo por terreno no Rio
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Maverick Viñales Shop Now