Viñales entra em guerra interna com engenheiro chefe

compartilhar
comentários
Viñales entra em guerra interna com engenheiro chefe
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
4 de ago de 2018 16:56

Ramon Forcada não descarta que corrida em Brno seja sua última ao lado do espanhol após Viñales não falar pessoalmente de dispensa

O clima do lado de Maverick Viñales na garagem da Yamaha não parece ser dos melhores.

O espanhol anunciou na sexta-feira que seu engenheiro chefe, Ramon Forcada, não continuará em seu time no ano que vem e que Esteban Garcia, atualmente na KTM, será seu novo chefe de mecânicos, decisão cuja qual Forcada disse ter ficado sabendo pela imprensa.

"A Yamaha me disse que eu não ia continuar, mas o piloto não me disse nada, nem uma única palavra”, disse Forcada à Movistar.

“A Yamaha me disse há alguns dias que era possível e estamos à procura de uma solução. Não há nada fechado, mas, certamente, continuarei na Yamaha, talvez na equipe satélite, mas não sabemos ainda em que condições ou moto ou com quem. É uma nova equipe."

"Eu não sei, eu não sei o que aconteceu, você tem que perguntar a ele, o piloto. Nenhuma palavra do piloto, nenhuma queixa, nenhum gesto ruim, absolutamente nada. Se você não perguntar a ele, eu não posso te dizer nada ", acrescentou o técnico.

Para Forcada, a situação era normal, como acontecia com qualquer outro piloto.

"O que é normal? Para nós, para todos os mecânicos, a equipe funcionou exatamente como sempre. Estou aqui há 11 anos e nada mudou, mas todo piloto tem suas necessidades ou, não sei, seus desejos. Mas como o piloto nunca disse nada a ninguém, não sabemos. Você tem que falar com ele."

"No final estamos todos aqui, ou tentamos ser profissionais, fazemos o trabalho como antes, os relacionamentos são os mesmos de antes, para mim não há diferença.”

“Para mim não há diferença e vou tentar fazer a moto vencer até a última corrida que estiver com ela, e não sei qual vai ser, pois como as coisas estão agora, não sei.”

“De minha parte, continuarei tentando fazer o trabalho normal, como sempre, como fiz toda a minha vida. Não vai mudar nada, eu não sei como fazer de outra maneira", disse Forcada.

Viñales foi impedido de comentar as declarações de Forcada pela equipe de comunicação da Yamaha após a classificação.

Além do atual engenheiro de pista, Viñales não vai continuar no próximo ano com Javier Ullate, um dos mecânicos que estiveram na Yamaha  com Forcada, Jorge Lorenzo e Wilco Zeelenberg – que também não seguirá.

Próxima MotoGP matéria
Pole, Dovizioso brinca: “pensei que tempos estavam errados”

Previous article

Pole, Dovizioso brinca: “pensei que tempos estavam errados”

Next article

México pode entrar no calendário da MotoGP em 2019

México pode entrar no calendário da MotoGP em 2019
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Maverick Viñales Shop Now
Autor Jamie Klein
Tipo de matéria Últimas notícias