Viñales: “Estou voltando a ter bons sentimentos na Yamaha”

compartilhar
comentários
Viñales: “Estou voltando a ter bons sentimentos na Yamaha”
Por: Carlos Guil Iglesias
Traduzido por: Daniel Betting
5 de set de 2018 19:44

Piloto da Yamaha acredita que trabalho feito no último teste de Misano o ajudará a acabar com o longo jejum de vitórias

Ninguém poderia prever que, há um ano e meio, desde quando Maverick Viñales estreou com a Yamaha no Catar, a marca japonesa poderia igualar neste fim de semana em Misano sua pior fase sem vitórias na MotoGP.

O piloto espanhol conquistou vitórias em seus dois primeiros GPs. O catalão dominava com mãos de ferro o campeonato e chegou a abrir uma vantagem de 37 pontos sobre Marc Márquez.

A partir daí as coisas deram errado no box da moto # 25, que conquistou apenas seis pódios em 23 GPs. A situação não é muito melhor para a Yamaha, que desde que Rossi venceu em Assen em junho de 2017, não voltou a cruzar a linha de chegada na primeira posição com nenhum de seus pilotos.

Uma sequência de 21 corridas que dura até este final da semana e se iguala ao pior momento da marca, quando entre 1997 e 1998 enfrentou uma série de 22 corridas sem saber o que é vencer.

Leia também:

No entanto, o trabalho na Yamaha não para e já foram anunciadas mudanças em sua estrutura para poder brigar pelo título no próximo ano. Pensando em curto prazo, os pilotos da marca participaram de dois testes em Misano e Motorland para resolver as deficiências da M1 e chegarem prontos para as próximas duas etapas.

"Foi muito positivo rendermos bem no teste de Misano há algumas semanas", explica Viñales no comunicado divulgado pela equipe oficial de fábrica da Yamaha antes do evento de San Marino. "Melhoramos muitas coisas na configuração, por isso vou tentar dar os meus 100%, como sempre, para acabar com a longa espera da Yamaha pela vitória."

Embora em Silverstone Viñales não pôde confirmar na corrida a melhoria que evidenciou durante os treinos, na semana passada pôde voltar ao comando da M1 em Aragón, onde terminou com bons sentimentos.

"Infelizmente, não corremos em Silverstone por causa do mau tempo. Foi uma pena, porque eu me encontrava muito bem sobre a moto durante os treinos. Agora, chegamos a Misano depois de um teste muito útil em Aragón, onde continuamos a trabalhar para encontrar o melhor conjunto para o meu estilo de pilotagem. Estou muito motivado porque eu sinto que estamos trabalhando na direção certa novamente. Estou começando a ter o mesmo sentimento com a M1 que tinha no início do ano passa do no início da temporada. Isso me tranquiliza e permite me concentrar para continuar somando pontos a cada corrida", concluiu.

Próxima MotoGP matéria
Rossi espera usar teste prévio como vantagem em Misano

Previous article

Rossi espera usar teste prévio como vantagem em Misano

Next article

Márquez: "Gostaria de fazer as pazes com Rossi"

Márquez: "Gostaria de fazer as pazes com Rossi"
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Maverick Viñales Shop Now
Autor Carlos Guil Iglesias
Tipo de matéria Últimas notícias