Viñales lamenta falta de desenvolvimento da Yamaha em 2017

Espanhol diz que Honda conseguiu melhorar moto, mas que sua equipe tem dificuldades para manter bom nível do início do ano

Quarto na classificação para o GP da Áustria deste domingo (13), Maverick Viñales lamentou o fato de não ter conseguido um bom tempo no Q2 deste sábado (12) no Red Bull Ring. O piloto, mesmo utilizando a nova carenagem da Yamaha, ficou fora da primeira fila e viu Marc Márquez e as duas Ducatis com alguma folga se colocando à sua frente.

Para Viñales, a Yamaha estagnou no desenvolvimento.

“Não diria que pioramos, só digo que não melhoramos na temporada”, falou o espanhol após a classificação.

“A carenagem melhorou principalmente a parte de aceleração. A frente está bem mais baixa e nas curvas não afeta muito, o que é positivo pensando em outros circuitos. Mas Márquez tentou algo distinto e eles estão voando. Nós não conseguimos melhorar.”

“Ele foi mais rápido do que nós, simplesmente. No fim nós fomos bem lentos comparando com os tempos de Valentino e Jorge (Lorenzo) no ano passado, 1min23s baixo. A Honda evoluiu e nós não conseguimos o mesmo desempenho, estamos como no ano passado.”

“Rossi usou a nova carenagem no treino da manhã e teve um efeito positivo, então resolvemos tentar também no TL4. A carenagem foi bem. Fiquei contente com o desempenho no TL4. De toda maneira, nosso problema é na aceleração do que a carenagem neste circuito.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP da Áustria
Pista Red Bull Ring
Pilotos Maverick Viñales
Tipo de artigo Últimas notícias