Viñales: "Manter-se à frente de Márquez é a única opção"

compartilhar
comentários
Viñales:
Oriol Puigdemont
Por: Oriol Puigdemont
Traduzido por: Daniel Betting
12 de out de 2017 19:59

Piloto da Yamaha está plenamente consciente de que chegou o momento da verdade para ele e, se quiser ter alguma opção para vencer o campeonato, deve vencer a partir desde fim de semana

Polesitter Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing, second place Jorge Lorenzo, Ducati Team, third place Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Polesitter Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Polesitter Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing, Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing
Maverick Viñales, Yamaha Factory Racing

Motegi - Os 28 pontos que separam Maverick Viñales do líder da MotoGP, Marc Márquez, significam que nem ganhar as quatro corridas, garante o título ao piloto da Yamaha, então ele não depende de si mesmo. Apesar disso, sabe que apenas as vitórias podem dar-lhe uma oportunidade.

Para Viñales, chegou o momento de correr riscos.

"Você sempre assume os riscos necessários, no final você tem que pensar que ainda existem quatro corridas, onde você tem que pontuar bem e aproveitar ao máximo", explicou nesta quinta-feira em Motegi.

"Eu acho que podemos fazer um bom trabalho nessas três corridas, vamos dar o máximo e tentar somar pontos", acrescentou.

Após o GP de Aragón, em que ficou fora do pódio, Mack falou sobre ir corrida a corrida neste trecho final do Mundial, vendo o título difícil.

"Um Mundial é sempre complicado e se há mais distância e menos corridas torna-se mais difícil. Penso que se quisermos ter opções, temos que tentar avançar e lutar pela vitória".

A previsão para o fim de semana é chuva, condições que se tornaram difíceis este ano para a Yamaha.

"Sempre nos custou muito, então vamos tentar resolvê-lo neste fim-de-semana se chover, especialmente na corrida. Se estiver molhado, é necessário sair para tentar avançar e, como eu disse estar à frente de Márquez, que é a única opção. Na água será muito mais complicado do que seco."

Com base nesses baixos benefícios húmidos, Viñales faz suas próprias avaliações.

"A moto simplesmente não parece boa na água, especialmente na aderência do pneu traseiro", diz ele.

"É difícil se preparar mentalmente para um fim de semana, porque você sabe quais são suas chances na água e onde a moto chega. Até agora não foi o suficiente", acrescentou.

O piloto não tem queixas da pista japonesa.

"É um circuito que eu gosto muito, sempre tive bons resultados e meu estilo de pilotagem se encaixa bastante bem. Sempre que eu venho ao Japão, faço isso com grande desejo", concluiu o espanhol.

Próxima MotoGP matéria
Lorenzo diz não estar “obcecado” em vencer em 2017

Previous article

Lorenzo diz não estar “obcecado” em vencer em 2017

Next article

Rossi já pensa na próxima temporada da MotoGP

Rossi já pensa na próxima temporada da MotoGP
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP do Japão
Localização Twin Ring Motegi
Pilotos Maverick Viñales Shop Now
Autor Oriol Puigdemont
Tipo de matéria Últimas notícias