Viñales vê corrida na Argentina como sua melhor na MotoGP

Espanhol lamenta queda enquanto ocupava terceira posição, mas se anima para sequência da temporada 2016

Aproveitando-se do duelo feroz das duas motos da Ducati, o piloto da Suzuki, Maverick Viñales, andou por boa parte do GP da Argentina do último domingo na terceira posição. O piloto espanhol, no entanto, caiu na primeira curva a poucas voltas do fim do GP, e saiu de Termas de Rio Hondo sem somar pontos no campeonato.

Mesmo assim, a boa atuação lhe deu esperança de boas provas neste ano.

"Creio que foi minha melhor corrida na MotoGP", disse Viñales. "Eu estava lutando pelo pódio e com um grande ritmo, então no momento estou feliz e positivo para a próxima corrida, em Austin.”

"Claro que eu pensei que eu poderia passar Rossi. Eu estava muito mais rápido do que ele e acho que tinha o ritmo para alcançá-lo.”

"O resultado é uma pena, mas estou muito feliz que mostramos o nosso potencial. Nós não estamos prontos para estar no pódio, mas levamos a moto além do limite."

"Nosso alvo eram os seis primeiros. Desta vez, nós tivemos um bom ritmo. Aproveitei, eu realmente estava 100% com a minha moto."

Perguntado se as circunstâncias peculiares da corrida na Argentina, que contou com uma troca de motos obrigatória, desempenhou um bom papel na sua competitividade, Viñales disse: "Meu ritmo era muito rápido, muito parecido com Marc Marquez e Valentino Rossi."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP da Argentina
Pista Autodromo Termas de Rio Hondo
Pilotos Maverick Viñales
Equipes Team Suzuki MotoGP
Tipo de artigo Últimas notícias